A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

terça-feira, 1 de julho de 2008

FINAL INÉDITA NO MARACA



Fluminense e LDU. Um dos dois times levantará a Taça Libertadores da América pela primeira vez. Uma partida histórica e inédita terá como palco o gramado do Maior do Mundo, o Maracanã. O estádio já sediou duas finais de Libertadores, ambas com a equipe do Santos, comandada pelo maior jogador de futebol de todos os tempos - Pelé - e a primeira partida da final entre Flamengo e Cobreloa em 1981.

Amanhã, às 21h45min, o país inteiro acompanhará esse duelo de titãs. O Fluminense é o Brasil no maior torneio das Américas. O Tricolor das Laranjeiras não encontrará um jogo fácil e necessita de reverter o placar sofrido no estádio Casa Blanca, onde ocorreu a primeira partida entre os times, no Equador. O placar (4 a 2 para a LDU) nada favorável as pretensões do Fluzão é de alto risco, pois o Flu terá que atacar incessantemente o adversário em busca de no mínimo dois gols de diferença que leve a partida para a prorrogação.

As provocações aumentam a cada dia. Até a nação rubro-negra entrou de intrusa na festa para apoiar os equatorianos. A LDU (Liga Dos Urubus) já está formada e pronta para comemorar o possível título da Liga como se fosse o bicameponato do Flamengo.

Fora dos gramados, a Conmebol mexe-se para aprontar todos os detalhes para que essa final seja impecável, digna de melhor campeonato de times do mundo. Hoje, no Hotel Sheraton, no Rio de Janeiro, foi apresentada a imprensa a taça que será entregue ao melhor jogador da competição (foto ao lado). O Governo do Estado do Rio de Janeiro e a SUDERJ também não ficam atrás e se mobilizam para atrair os tricolores o quanto mais cedo para dentro do estádio, organizando a distribuição gratuita de bandeirinhas do Fluzão, bolas nas cores do clube, e ainda a apresentação de um filme, “1958: o ano em que o mundo descobriu o Brasil”, do cineasta José Carlos Asbeg.

Nas arquibancadas a torcida tricolor com certeza fará sua parte, porém o time terá que corresponder, pois um novo "Maracanazo" seria triste para qualquer brasileiro, ainda mais para os torcedores do time"das três cores que traduzem tradição."

FLUMINENSE:

Cerca de 1.500 torcedores compareceram ao último treino do Flu para o mais importante jogo da história gloriosa do clube. E viram o que queriam, Dodô entre os titulares para a partida de amanhã. No treino tático, o técnico Renato Gaúcho tirou o volante Arouca para a entrada do atacante dos gols bonitos. Dodô só não teve um aproveitamento positivo nas cobranças de pênaltis, ensaiadas pelo treinador ao fim da atividade. Essa dúvida ficará no ar até momentos antes da partida começar. Caso Dodô fique como opção no banco de reservas, Cícero formaria a dupla de ataque com o camisa 9, Washington.

Thiago Neves deu show nas cobranças de faltas realizadas no treino e é uma das armas para o título inédito. Júnior César completará sua 200ª partida com a camisa tricolor e está a todo vapor, engasgado com a derrota na altitude equatoriana, na última semana.

O único contra a euforia da torcida armada no treino foi o coordenador de futebol, Branco. O ex-jogador está preocupado com o clima de "já ganhou" e de "oba-oba" formado nas Laranjeiras. O cartola emprega respeito a LDU e alerta ao exemplo da seleção brasileira antes da Copa de 2006.

Os torcedores que não conseguiram garantir o seu ingresso para a partida e que não querem acompanhar o jogão em casa, terá a chance de estar ao lado de outros tricolores na Apoteose, onde será instalado três telões para incendiar a passarela do samba. Basta ir com camisa do Fluminense e doar um quilo de alimento não-perecível ou um agasalho ou cobertor para ter acesso ao local.

Liga Deportiva Univeritária:

A LDU deposita suas fichas no lateral Guerron, na experiência do meia Urrutia e do jovem Bolaños para sair do Maracanã com a Taça Libertadores.

No treino realizado na Gávea, a torcida do Mengão tratou de apoiar a equipe equatoriana e presenteou alguns jogadores com mimos do clube mais querido do Brasil. Para Guerron, foi uma satisfação imensa vestir a camisa rubro-negra. Nada como fazer aquela "média" com a torcida rival ao adversário de amanhã.

O goleiro da seleção do Equador e titular absoluto da Liga é dúvida para a partida. Cevallos sentiu uma contratura na perna direita, mas avisa que vai para o tudo ou nada. (ele é um frangueiro da pior qualidade).

A equipe que entrará em campo já está definida pelo técnico argentino Edgardo Bauza e será a mesma que enfrentou o Fluminense na primeira partida da final. Para o presidente da Liga Deportiva Universitária, Rodrigo Paz, o segundo lugar está de bom tamanho, mas não é assim que pensa o capitão da equipe, Urrutia. Para o jogador, o título será a oportunidade de colocar o nome na história do clube para sempre e deve ser assim que a equipe deverá entrar em campo.

E você, aposta suas fichas em qual clube: Fluminense ou LDU? A resposta final só após os 90 minutos de pura emoção!



FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE X LDU

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 02/7/2008 - 21h50min (de Brasília)
Árbitro: Hector Baldassi (ARG)
Auxiliares: Ricardo Casas (ARG) e Hernán Maidana (ARG)

FLUMINENSE: Fernando Henrique, Gabriel, Thiago Silva, Luiz Alberto e Junior Cesar; Ygor, Arouca, Thiago Neves e Conca; Cícero (Dodô) e Washington. Técnico: Renato Gaúcho.

LDU: Cevallos, Calle, Araujo e Campos; Guerrón, Vera, Urrutia, Manso, Ambrossi e Bolaños; Bieler. Técnico: Edgardo Bauza.

Um comentário:

contra-regra disse...

Chegou o dia mais esperado para toda a nação tricolor e eu, irritado que estou com tanta marra desses torcedores fanáticos, esse clima de já ganhou, de o fluzão é o time da virada, sou LDU desde criancinha... Só pra eles tomarem vergonha na cara e pararem de encher o meu saco.

P.S: Não sou flamenguista, vascaíno, botafoguense, voltaço, nada. Só quero que Fluminense se enxergue por que não aguento mais a onda do Renato Gaucho. Basta!