A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sexta-feira, 18 de julho de 2008

DINHEIRO NA MÃO É VENDAVAL

Montagem: Renan de Moura (FC08)

O Flamengo merecia no mínimo um empate dinate do Coritiba, ontem, no Couto Pereira, mas nem sempre venceremos. A diferença diminuiu para o segundo colocado (2 pontos), porém o Vitória pagará o pato no próximo domingo, no Maracanã.

O que ficou claro na partida foi a falta de um homem de ligação. Caio Júnior optou por um meio-campo formado por quatro volantes (Jaílton, Cristian, Jonatas e Ibson). A falta do ex-camisa 22 Marcinho foi sentida pelo elenco. Diego Tardelli não demonstrou a desenvoltura do antigo titular e artilheiro do campeonato Brasileiro. Com a saída de Renato Augusto para o Bayer Leverkusen, o time conta apenas com o jovem Erick Flores, que ainda não está apto a titularidade, vide o jogo contra o Atlético-MG, no Mineirão. Ele demonstrou personalidade assim que entrou, mas depois, ficou um pouco perdido e sumiu da partida.

O mercado europeu e o calendário brasileiro são imcompatíveis como todos sabem. Já levantaram a hipótese de mudar a nossa maneira de disputa, semelhante aos campeonatos do Velho Mundo, mas o problema não está aí, e sim, na "fantástica" Lei Pelé que foi criada beneficiando apenas os empresários dos jogadores que mais se destacam no país.

Os times perdem seus principais jogadores e ao fim do ano, a formação é totalmente diferente. Se já não bastasse a Europa, os países do Oriente Médio com seu chamado petrodólares também são uma dor-de-cabeça para os clubes brasileiros. Qualquer proposta oficial que chega nas mãos dos dirigentes brasileiros é motivo de nostalgia, pois é um dinheiro que chega sempre em boa hora para financiar as dívidas milenares ("O Flamengo está no topo desse ranking, devendo mais de R$ 242 milhões" - Revista Época).


A esperança dessas vendas para a torcida e a chegada de jogadores que não tenham se destacado no mercado exterior e que ainda possuem um nome respeitado aqui. O Flamengo negocia com Felipe, Renato Abreu e surge a notícia de que estaria negociando com Daniel Carvalho, do CSKA, da Rússia. Riquelme e D´Alessandro também foram sondados pela IMPRENSA. Nenhum desses jogadores é fácil de contratar, portanto não se enganem nas matérias publicadas pelos jornais de que aquele ou aquele já estaria acordado com tal time. Isso tudo é lorota para vender jornal.

Enquanto os clubes não se estruturarem e começarem a criar uma filosofia independente, ficará muito complicado a estabilização financeira. Porque nos clubes dinheiro é vendaval, vem e é devastado rapidamente, seja pela má impregnação do capital ou pelo desvio indevido pelos cartolas para seus bolsos.

2 comentários:

Morbeck disse...

O Flamengo tem um ótimo elenco e o Daniel Carvalho. Aí já era (para os outros).

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/

Beto disse...

jogadores indo para times internacionais, é um grande negócio ($$$) para o clube...surpresa só é prar os torcedores, q são os mais prejudicados.