A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quarta-feira, 30 de julho de 2008

Túlio Guerreiro, por uma noite, artilheiro

3 pontos, 2 gols e 1 sorriso
Foto: Agencia o Globo

Torcedores do Glorioso,

Em crescente no campeonato, o Botafogo encarou o Goiás no caldeirão do Engenhão. Além da expectativa de como o fogão se comportaria, as atenções estavam voltadas para a marcação de Fernando em Carlos Alberto. Essa seria a primeira vez que os irmãos se enfrentariam. A volta de Lúcio Flávio ao time principal, também estava na pauta de observações para o jogo. Mas ninguém lembrou-se de um camisa 5 conhecido tanto no Goiás quanto no Botafogo, Túlio, o guerreiro, marcou dois gols e confirmou a boa fase alvinegra. Fogão 2 a 0.

O glorioso começou um pouco devagar na partida, devido a forte marcação do esmeraldino. Numa das tentativas de parar o ataque alvinegro, o Goiás fez a falta que originou o primeiro chute do Bota ao gol. André Luís soltou a bomba e Harlei não conseguiu segurar a bola, jogando-a pela linha de fundo. Aos 28, depois de troca de passes e duas faltas que a arbitragem deu vantagem, Túlio chutou de fora da área, a bola desviou no zagueiro e encobriu Harlei. O primeiro do jogo. Botafogo 1 a 0.

O gol de Túlio abriu os caminhos para o fogão. Aos 33 minutos, o camisa 10 Lúcio Flávio cobrou falta no cantinho para excelente defesa de Harlei. Chegou o momento em que o Goiás não conseguiu evitar as tentativas do glorioso. Mais um gol do dono da noite, Túlio. Depois de tabela com Lúcio Flávio, com direito a um "corta-luz", o volante alvinegro soltou um chute preciso no canto de Harlei que ficou parado olhando a redonda morrer no fundo do gol. Botafogo 2 a 0.

Na volta do intervalo, os dois times esqueceram o futebol ofensivo do primeiro tempo no vestiário. A primeira oportunidade consciente da segunda etapa, foi com o incansável Túlio. Após tabela, o camisa 5 soltou a bomba e Harlei evitou o terceiro. O Goiás respondeu logo depois, Vítor cobrou falta e a bola descaiu no travessão de Castillo que só observou.

Sentindo que a torcida queria mais, Ney Franco colocou Gil em lugar de Jorge Henrique. Não demorou muito para o atacante ter sua oportunidade de marcar. Lúcio Flávio cruzou a direita e Gil cabeceou rente a trave. O Botafogo só chegou novamente aos 44, com chute de Diguinho, noite de volantes no Engenhão, mas Harlei interviu com qualidade. E ficou nisso, Botafogo em ascensão 2, Goiás 0.

BOTAFOGO 2 x 0 GOIÁS

Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).
Data: 30/07/2008.
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP).
Auxiliares: Evandro Luís Silveira (SP) e Marcelino Tomaz de Brito Neto (SP).
Cartões amarelos: Carlos Alberto, Wellington Paulista, Triguinho (Botafogo); Rafael Marques, Ernando, Henrique, Thiago Feltri, Romerito (Goiás).
Cartão vermelho: Ernando (Goiás).
Público: 15.798 pagantes. Renda: R$ 133.485,00.
Gols: Túlio, aos 28 e aos 44 minutos do primeiro tempo.

Botafogo: Castillo; Alessandro (Thiaguinho), Renato Silva, André Luis e Triguinho (Eduardo); Túlio, Diguinho, Lúcio Flávio e Carlos Alberto; Jorge Henrique (Gil) e Wellington Paulista.Técnico: Ney Franco

Goiás: Harlei; Rafael Marques (Thiago Feltri), Henrique, Ernando e Vitor; Fernando, Ramalho, Romerito e Julio Cesar (Rinaldo); Paulo Baier (Adriano Gabiru) e Iarley.Técnico: Hélio dos Anjos.

Um comentário:

Sobre o Futebol Carioca disse...

parabens para o botafogo.

e o Flamenego Hein,esta perdendo.

o FLU,esta na 19ª. esta em crise ja o Flu.

abraços
Léokope