A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quarta-feira, 16 de julho de 2008

"Esse é o Botafogo que eu conheço"

Jogadores comemoram o segundo gol
foto: reprodução de vídeo

Torcedores do Glorioso,

Confesso que há algum tempo não vibrava tanto com uma vitória do Botafogo, claro, os invejosos vão vir falar que foi contra o lanterna, era obrigação ganhar e outras desculpas. Mas eu vejo diferente, vejo um novo Botafogo sobre o olhar atento de Ney Franco, começo a observar também, aonde erram os técnicos Mário Sérgio e Geninho, eles não mantiveram o esquema tático do Cuca, esquema esse que o Bota já usa há dois anos, diferentemente do Ney que fez a torcida do fogão reviver os tempos de glória recente.

Com um público um pouco acima do que de costume no Engenhão, o Botafogo não demorou muito até marcar. Aos seis minutos, depois de falta sobre Lúcio Flávio pelo lado direito do ataque, o próprio camisa 10 tocou para Thiaguinho que fez a bola rolar pelo gramado até encontrar o pé esquerdo de Zé Carlos, um chutaço de longa distância para marcar um verdadeiro golaço. Presente de aniversário para ele que completa 28 anos hoje. Botafogo 1 a 0.

O alvinegro seguia pressionando o setor defensivo do adversário que pouco chegava ao gol de Castillo. De tanto insistir, o segundo gol saiu, após cobrança de lateral, Thiaguinho lançou de cabeça para Wellington Paulista fuzilar e marcar o segundo. Tremam defesas de todo o Brasil, o artilheiro está de volta. Para mostrar que o time voltou aos bons tempos, uma troca de passes excepcional no meio campo com quatro jogadores, (Zé Carlos, Lúcio Flávio, Túlio e Jorge Henrique) resultou num arremate de Lúcio Flávio após passe de peito de Túlio, Rodrigo Posso defendeu.

Já no final do primeiro tempo o Botafogo marcou o terceiro. O inspirado Thiaguinho colocou o adversário para dançar e cruzou para Jorge Henrique apenas empurrar para o gol. Botafogo 3 a 0.

Na volta para o segundo tempo o Ipatinga voltou com duas alterações para tentar diminuir o ímpeto do Bota. Parece que deu certo, o glorioso fez apenas mais um gol, novamente com Jorge Henrique. Em outra jogada de Thiaguinho pelo lado direito que tocou a bola para o baixinho da camisa 7 chegar batendo. Botafogo 4 a 0.

Aos 15 minutos Ney Franco promoveu a estréia de Gil, sacando Lúcio Flávio do time. O esquema com três atacantes durou pouco, logo depois Wellington Paulista deu lugar a Leandro Guerreiro. A última alteração que o técnico tinha direito foi queimada com a entrade de Lucas Silva para sair André Luís. De tão feliz que a torcida estava, aplaudiu até jogada equivocada de Jorge Henrique, a partir daí foi só cantar e esperar o término do massacre do Botafogo.

BOTAFOGO 4 x 0 IPATINGA

Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ).
Data: 16/07/2008.
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA).
Auxiliares: Adson Márcio Lopes Leal (BA) e Gelson Pimentel Rodrigues (ES).
Gols: Zé Carlos, aos 6, Wellington Paulista, aos 18, Jorge Henrique, aos 44 minutos do primeiro tempo; Jorge Henrique, aos 7 minutos do segundo tempo.

BOTAFOGO: Castillo, Renato Silva, Andre Luis (Lucas Silva) e Triguinho; Thiaguinho, Túlio, Diguinho, Lucio Flavio (Gil) e Zé Carlos; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Leandro Guerreiro). Técnico: Ney Franco.

IPATINGA: Rodrigo Posso, Leandro Salino, Gian, Tiago Vieira e Leo Oliveira; Xaves (Marcio Gabriel), Augusto Recife, Neto Baiano e Sandro (Paulinho Dias); Adeílson e Marinho (Luciano Mandí). Técnico: Ricardo Drubscky.

Nenhum comentário: