A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

terça-feira, 15 de julho de 2008

NADA DE RANCOR

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Maestro Felipe está cada vez mais próximo do Flamengo. As bases salariais já estão acordadas. Vasco e Fluminense correm por fora para contratar o jogador. Mas todos sabem porque Felipe saiu do Flamengo? Márcio Braga, atual presidente do Flamengo, pode ser o obstáculo para fechar o acordo com o meio-campo, pois o mandatário não aceitou a atitude do Maestro na vitória contra o Cruzeiro na última rodada do Campeonato Brasileiro de 2004, que salvou o Flamengo do rebaixamento e até hoje não ingeriu muito bem a reação do ex-camisa 10 após o sexto gol.

Veja a máteria escrita por Eric Faria em 2004 e entenda melhor o que aconteceu naquele dia:

(Felipe saiu do Flamengo no fim de 2004 depois da vitória sobre o Cruzeiro por 6 a 2 em Volta Redonda pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Flamengo precisava da vitória para se livrar do rebaixamento. Aos 46 minutos do segundo tempo, Felipe marcou um gol de antologia. Driblou um zagueiro e, com um toque de classe, encobriu o goleiro Doni. Na comemoração, tirou a camisa do Flamengo e jogou no chão, num gesto que foi interpretado pela torcida como desrespeito. O que a torcida não sabe… é o que aconteceu na véspera do jogo.

Concentrado no hotel em Volta Redonda, Felipe se sentava numa mesa com o goleiro Júlio César e e com alguns membros da comissão técnica rubro-negra. Um deles era o preparador físico Marcelo Salles, filho do lateral esquerdo Marco Antonio, campeão do mundo em 1970. Durante o jantar, todos começaram a provocar Felipe:

- Felipe, você acha que joga muito… tua bola não é tudo isso, não – disse um.

- É muita marra pra pouco futebol - disse outro.

- Você fica com aqueles driblinhos… vai, não vai… não resolve nada.

Felipe começou rindo. Mas, como a brincadeira não parou, começou a se irritar.

- Vocês não estão falando sério.

Foi quando Marcelo Salles entrou no jogo.

- Felipe, meu pai jogava muito mais que você – brincou.

Felipe entrou de vez na pilha e começou a esbravejar. A brincadeira aumentou e Júlio César fez um desafio:

- Aí Felipe, vou ligar pro Zagallo aqui pra ver quem jogava mais… você ou o Marco Antonio.

Ligação feita, Zagallo deu nota 8,5 para Felipe e nota 10 para Marco Antonio. Felipe perdeu completamente as estribeiras, chutou duas cadeiras, xingou todos os presentes e foi embora. No dia seguinte, entrou mordido em campo. Quando fez o golaço, aos 46 do segundo tempo, jogou a camisa no chão como um desabafo contra as provocações da noite anterior. Depois do jogo, ao chegar no vestiário, jogou a camisa para Marcello Salles.

- Aí, dá pro seu pai. Diz que foi o Felipe que mandou!

As aparências, porém, enganaram a torcida. O estrago foi feito. E Felipe saiu do Flamengo pela porta dos fundos.)


Escrito por Eric Faria em 16/04/2007

Um comentário:

Morbeck disse...

Boa sorte, Felipe. Que arrase no Mengão.

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/