A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sexta-feira, 18 de abril de 2008

Taça Rio: Chegou a hora de conhecer o campeão



Mais uma Taça Rio chega ao seu término, porém, neste ano a decisão será diferente. Além de ser um clássico, Botafogo e Fluminense vivem excepcionais momentos e sempre travam duelos inesquecíveis. Em dois confrontos no ano, os alvinegros levaram a melhor nas duas oportunidades, uma vitória por 2 a 0 e a outra por 3 a 1. Um detalhe, a final terá um quinteto de arbitragem, polêmicas à vista.

BOTAFOGO F.R.

A surperstição falou mais alto na semana do glorioso, após concentração na Granja Comary e depois uma vitória por 3 a 0 sobre o rival Flamengo, o Botafogo repetiu a dose e voltou à Granja para tentar o resultado de vitória contra os tricolores.

No meio de semana o fogão encarou uma viagem curta até São Paulo, onde empatou em 1 a 1 com a Lusa pela Copa do Brasil. De bem com as redes, o fogão conta com esse retrospecto de marcar gols em todos os jogos para tentar passar pelo tricolor e levar o caneco de Bi-campeão da Taça Rio.

Cuca pode vetar Zé Carlos para o jogo, colocando em seu lugar, o recém recuperado de contusão, Leandro Guerreiro, outro fato que complicou a cabeça do treinador foi as dores de Lúcio Flávio, o maestro alvinegro foi poupado dos treinamentos mas não deve ficar de fora da decisão. No mais, é só esperança em General Severiano.

A diferença: Wellington Paulista


Artilheiro do estadual com 14 gols, Wellington Paulista, ou simplesmente, Wellingol, é a esperança do glorioso para o clássico, com a jogada "cantinho do Romário", o artilheiro tem arrancado elogios da galera e já virou ídolo do fogão. Bom driblador e finalizador, Wellington é o legítimo camisa 9 do futebol brasileiro, sempre oportunista o craque busca seu espaço no time onde brilharam as principais estrelas do nosso futebol.

Provável time: Castillo, Alessandro, Renato Silva, André Luís, Triguinho, Túlio, Diguinho, Zé Carlos (Leandro Gurreiro), Lúcio Flávio, Jorge Henrique e Wellington Paulista. Téc: Cuca.


FLUMINENSE F.C.

Classificado na Taça Libertadores, o melhor clube da América tem motivo de sobra para partir para cima do Botafogo, no Domingo. Além de perder os dois clássicos que disputou com os alvinegros no ano, o Flu vê nessa oportunidade, a chance de impedir que o Flamengo chegue ao mesmo números de estaduais do tricolor, 30 títulos.

No meio de semana o Fluminense jogou contra a LDU, pela Libertadores, nitidamente se poupando, o time do técnico Renato Gaúcho fez o placar mínimo de vitória, 1 a 0, gol de Cícero. Com certeza essa vitória tricolor fará com que seus torcedores lotem o Maraca na decisão, a festa do pó-de-arroz está garantida.

O tricolor não tem problemas para escalar seu elenco na final, apenas Dodô que está machucado há um bom tempo é a baixa do tricolor, portanto, o ex-alvinegro não terá o gostinho de comemorar o título contra o seu ex-clube. No mais, é só festa nas laranjeiras.

A diferença: Thiago Silva


O melhor zagueiro do Brasil é a principal arma tricolor para parar o ataque produtivo do alvinegro. Sempre ovacionado pela torcida, Thiago também se aventura ao ataque e deixa sua marca. Bom em cabeçadas e nas marcações, o zagueiro tricolor é a peça que falta em qualquer esquema defensivo no mundo.

Povável time: Fernando Henrique, Gabriel, Luis Alberto, Thiago Silva, Júnior César, Arouca, Ygor, Conca, Thiago Neves, Cícero e Washington. Téc: Renato Gaúcho.

Façam suas apostas: o espetáculo vai ter início.
Fotos: Site oficial da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (www.fferj.com.br)

Nenhum comentário: