A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 10 de abril de 2008

MENGÃO NAS NUVENS

A torcida ultrapassa fronteiras para ver a classificação do Flamengo
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Altitude? Ar rarefeito? Pressão? Nada foi capaz de conter o Flamengo diante do Cienciano, no estádio Garcilaso de la Vega, em Cuzco, no Peru. Com uma convincente goleada por 3 a 0, o rubro-negro garantiu a classificação as oitavas-de-final da Taça Libertadores da América com uma rodada de antecedência. Para assegurar a primeira colocação do Grupo 4, basta o Mengão vencer, dia 23, no Maracanã, o lanterna Coronel Bolognesi. Se a fase de grupos terminasse agora, o adversário seria o Santos, do técnico Leão.

No início da partida, ambas as equipes não se arriscavam ao ataque. O Cienciano trocava passes em seu campo e o Flamengo executava lançamentos sem sucesso. A primeira chance do jogo foi do time da casa. Bazalar cobrou falta pelo lado esquerdo e Romaña de cabeça colocou para fora. Os "Imperiais" insistiam nas jogadas pelas costas de Juan e traziam perigo a meta do goleiro Bruno. Aos 15 minutos, Guizasola limpou a jogada e arriscou o chute rasteiro para fora.

O time da Gávea teve a primeira finalização aos 19 minutos, em falta cobrada por Cristian que passou longe da meta do goleiro Flores. Aos 24, Bruno salvou o que seria o gol que abriria o marcador. Bazalar, o jogador mais experiente do time de Cuzco mandou a bomba para o camisa 1 se esticar todo e executar uma excelente defesa. Aos 38 minutos, novamente Bruno salvou o Mengão. Depois de escanteio cobrado por Bazalar, Romanã livre de marcação de peixinho cabeceou para a maginífica defesa do goleiro.

No segundo tempo, o Flamengo ditou o ritmo do jogo, com troca de passes rápidos e uma cadência que a muito tempo não se via longe do Maracanã. Logo aos oito minutos, Souza se livrou da marcação pelo lado direito e encontrou Renato Augusto livre na grande área para escolher o canto e abrir o placar. Fla 1 a 0.

Sem opções, o Cienciano partiu para o tudo ou nada, buscando o gol a qualquer custo. Aos 15, Guevara que acabara de entrar bateu colado, para São Bruno salvar, colocando a bola pela linha de fundo. Três minutos depois, o árbitro Sérgio Pezzota expulsou o meia Bazalar pela sequência de faltas cometidas.

Para tranquilizar a torcida rubro-negra que compareceu ao estádio Garcilaso de la Vega e com um jogador a mais, Ibson puxou contra-ataque, invadiu o campo adversário e deixou Toró na boa para escolher o canto direito e ampliar a vantagem. Fla 2 a 0.

Aos 47 minutos, Juan colocou o pé na forma e em uma cobrança de falta esplêndida no ângulo direito do goleiro Flores, marcou o terceiro e fechou a conta no Peru. Importante ressaltar que esse foi o primeiro gol de falta do Mengo na temporada. Fla 3 a 0.

Que venha o Botafogo, no próximo domingo, pela semifinal da Taça Rio!

FICHA TÉCNICA:CIENCIANO (PER) 0 X 3 FLAMENGO

Estádio: Garcilaso, Cuzco (PER)
Data/hora: 9/04/2008 - 21h50min (de Brasília)
Árbitro: Sergio Pezzotta (ARG - Fifa); Renda/público: Não divulgada
Cartões amarelos: Ortiz e Vassallo (CIE); Fábio Luciano, Juan e Toró (FLA).
Cartões vermelhos: Bazalar (CIE).

CIENCIANO: Flores; Guizasola, Marengo, Solís e Romaña; Bazalar, Ortiz, Uribe (Guevara) e Portillo (Corrales); Sawa e Vassallo. Técnico: Franco Navarro.

FLAMENGO: Bruno (8.5), Léo Moura (7.0), Fábio Luciano (6.5), Ronaldo Angelim (6.0) e Juan (7.5); Cristian (6.0), Kleberson (5.5), Ibson (7.0) (Jaílton - 5.0) e Toró (6.5); Renato Augusto (7.0), (Marcinho - 6.0) e Souza (6.5), (Obina - 5.5). Técnico: Joel Santana (7.0).

Nenhum comentário: