A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 27 de abril de 2008

Bota perde a batalha

Diguinho tenta se livrar da marcação.
Foto: Globoesporte.com


Torcedores do Glorioso,

Hoje foi dia do primeiro jogo da decisão do estadual. Mais uma vez Fla e Botafogo desbancaram os seus rivais que apenas fazem figuração. Muito desfalcado o Glorioso entrou no gramado de time misto enquanto o Flamengo estava completinho. Cuca tentou arrumar o time com as armas que tinha e até conseguiu um bom resultado.

O jogo começou um pouco preso no meio-campo e o Botafogo abusando nas faltas, tanto que Túlio Souza levou o amarelinho. Preocupado com uma possível expulsão do lateral, Cuca o tirou de campo e colocou o esforçado Eduardo.

A lentidão do primeiro tempo quase que dava sono na torcida, que mesmo em bom número, ficava calada no Maracanã com a falta de oportunidade de ambas as equipes. O primeiro chute a gol só saiu aos 26 minutos, e foi do Flamengo, Léo Moura deu um passe certinho para Souza (desculpe escrever este nome) finalizar e Renan fazer uma defesa brilhante. Alías, o atacante do urubu foi a personagem do primeiro tempo, não por lances de categoria, já que ele não sabe, mas por dar uma de lixeiro ao retirar um balão de gás que foi atirado no campo de jogo.

Para não falar que o Botafogo não chutou a gol no primeiro tempo, em lances de falta o fogão levou perigo a meta do rubro-negro. Final do primeiro tempo 0 a 0.

O segundo tempo começou eletrizante e novamente aquele atacante lixeiro chutou para o jovem Renan dar uma de gente grande e espalmar pela linha de fundo. Pouco tempo depois foi a vez do Botafogo chegar, Diguinho cruzou com muita força para Welington Paulista cabecear com perigo. Depois disso, Zé Carlos fez um golaço, mas um impedimento assinalado pelo árbitro invalidou o gol do Botafogo.

Em um lance de falta, Lúcio Flávio jogou na área e Fábio tirou tinta do travessão do Fla. O contestado Renan mostrava personalidade no jogo, após chute de Marcinho o goleiro catou no cantinho. Joel Santana mostrou que estava em dia inspirado, apesar de ter mexido errado, trocou Íbson por Obina, o papai Joel viu o seu "pupilo" balançar a rede alvinegra após contra-ataque mortal e passe de Diego Tardelli. Flamengo 1 x 0 Botafogo, gol de Obina.

O Flamengo se recuou após o gol e o fogão teve a oportunidade de marcar o gol numa cobrança de falta, aos 43, com o Maraca todo atento, o camisa 10 alvinegro jogou a bola na barreira e o jogo ficou mesmo com vantagem para o time da Gávea. Essa foi a primeira partida, na temporada, que o Botafogo deixou de fazer gol.

Domingo que vem tem mais, não está nada perdido, fogão.

Aqui já deixo um recado: "Ô urubu, pode esperar, a tua hora vai chegar !!"

FLAMENGO 1 x 0 BOTAFOGO

Gols: Obina, aos 35 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Túlio Souza, Renato Silva, Diguinho (BOT); Marcinho, Souza, Fábio Luciano, Jaílton (FLA)
Árbitro: Gutemberg de Paula
Auxiliares: Ednei Mascarenhas e Wagner de Almeida Santos
Data: 27/04/2008
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro
Público: 63.413 / Renda: 1.333.455,00

FLAMENGO: Bruno, Leo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim, Juan, Cristian, kléberson (Diego Tardelli), Ibson (Obina), Toró, Marcinho e Souza (Jaílton). Téc: Joel Santana.

BOTAFOGO: Renan, Renato Silva, André Luis, Leandro Guerreiro, Túlio Souza (Eduardo), Diguinho, Túlio, Lucio Flavio, Zé Carlos (Édson), Fábio (Adriano Felício) e Wellington Paulista. Téc: Cuca.

Um comentário:

Anônimo disse...

Ricardo
Em 1º lugar os times es equivalem pois todos estão no mesmo patamar.Hoje os demais podem até fazer figuração mas quem fazia figuração antes era o Botafogo pa ra Flamengo e Vasco.
Tôrço para o Bota ganhar o 2ºjogo para acabar com a banca do Fla.
Abraços