A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

terça-feira, 8 de abril de 2008

Do fundo do baú: América(RJ) 1 X 1 Flamengo(RJ) (1960)

No dia 6 de Dezembro de 1960, num domingo, América e Flamengo se enfrentaram no Maracanã pelo 2ºTurno do campeonato carioca desse ano e houve o empate de 1 tento a 1. Nesse ano os americanos foram os campeões estaduais.

Principais artilheiros do campeonato
Quarentinha (Botafogo) 25 gols.
Waldo (Fluminense) 14.
Pinga (Vasco) 12.
Gérson (Flamengo) e Maurinho (Fluminense) 10.

O Jogo

AMÉRICA (RJ) 1 X 1 FLAMENGO(RJ)
Data: 06/11/1960
Campeonato carioca
Local: Maracanã
Juiz: Armando Marques
Gols: Calazans (AME) e Henrique (FLA)
AMÉRICA: Pompéia, Jorge, Djalma Dias, Wilson Santos, Ivan, Amaro, João Carlos, Calazans, Quarentinha, Antoninho, Nilo / Técnico: Jorge Vieira
FLAMENGO; Ari, Bolero, Monim, Jadir, Vanderlei, Carlinhos, Moacir, Othon, Henrique, Luis Carlos,Germano / Técnico:



O Craque: Calazans


José Alves Calazans, nasceu em 13 de agosto de 1934 em Salvador (BA). Ex-ponta-direita do América do Rio, campeão carioca de 1960, está aposentado como oficial de fazenda do Governo do Rio de Janeiro e continua morando na ex-capital do estado da Guanabara. Lá, ele já foi motorista particular de deputado da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro.

O Atacante iniciou sua bela carreira no Bangu AC, onde jogou ao lado de seu saudoso irmão Zózimo Alves Calazans (o Zózimo, bi-campeão mundial pelo Brasil nas Copas de 1958 e 1962) e de Zizinho, Nívio, Décio Esteves, dentre outros grandes jogadores.

De lá, do Bangu, Calazans transferiu-se para o América do Rio, quando foi contratado como substituto do badalado e célebre Canário, que fora vendido para o Real Madrid, da Espanha. Depois do América, Calazans, em 1961, transferiu-se para o Fluminense onde encerrou a carreira.

Foi campeão carioca em 1960 numa memorável final contra o Fluminense, onde bastava aos tricolores somente um empate, mas, com uma grande atuação de Calazans e companheiros, O América sagrou-se campeão.

Um dos fatos mais marcantes da carreira de Calazans foi o encontro que ele teve mais o resto do elenco com a torcedora símbolo do América Tia Rute, antes da final de 1960. Ela estava Grávida e passando mal Foi atendida no posto médico e aconselhada a ir para casa. Calazans levantou-se e chegando perto de Tia Rute disse: “Tranqüilize-se minha senhora, nós sabemos da missão que temos a cumprir”. Ela acabou tendo permissão médica para assistir ao jogo e ver o seu Mequinha ganhar do Flu e levar o campeonato. Após o jogo teve outro encontro com os campeões onde Calazans falou emocionado: “Minha senhora com está se sentindo? A senhora nos impressionou de tal forma que nós precisávamos ganhar, não só por nós, mas pela senhora também. Essa vitória foi dedicada a senhora. Já falei em várias emissoras a seu respeito”. “Beijei-o e agradeci”- disse Tia Rute.

Clubes:
Bangu-RJ(1953-1959)
America-RJ(1960)
Fluminense(1961-1963)

Títulos por equipe
Copa Oswaldo Cruz: 1956(Brasil)
Copa O'Higgins: 1956(Brasil)
Campeonato Carioca: 1960(América)

Do fundo do baú: Todas as terças e sextas-feiras

Próxima postagem: Roberto Miranda (Botafogo)

2 comentários:

Mauricio disse...

O artilheiro deste ano, Quarentinha, apesar de consagrado pelo Botafogo, em 1960 estava jogando no América, basta ver a escalação constante do time do América no post.

Anônimo disse...

Peter disse...
Maurício não está ligado.
O Quarentinha do América era outro jogador (Miguel A. de Souza Filho). Este não foi artilheiro do certame. Realmente, o artilheiro do campeonato foi Waldir Cardoso Lebrego, do Botafogo.