A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 24 de agosto de 2008

QUE JOGÃO!

Obina marca o gol do empate contra o Internacional
Foto: Vipcomm

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

Internacional e Flamengo promoveram um dos melhores jogos do Campeonato Brasileiro 2008. Um jogo aberto, com muitas oportunidades de gol para ambos os lados e o empate foi o resultado mais justo pelo o que o Colorado apresentou no primeiro tempo e pela vontade de reação do Mengão no segundo tempo, após sofrer um gol na falha grotesca, bisonha, ridícula... do goleiro Bruno.

O empate por 1 a 1 entre Internacional e Flamengo, no Beira-Rio, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, deixou o Rubro-Negro na 7ª posição e ainda deixa o time em condições de brigar pelo título. O Mais Querido não perde a quatro jogos (dois empates e duas vitórias).

Caio Júnior só não viu porque não quis nessa partida que o Jaílton não é jogador para ser titular do Flamengo. Com menos de 10 minutos ele já recebera o cartão amarelo e por pouco não foi expulso antes de ser substituído por Toró ainda no primeiro tempo, porque o árbitro Sérgio da Silva Carvalho foi bastante amigável com o "açougueiro da Gávea". Airton está insuperável. Gostei desse jogador que tem toque refinado e desarma na bola ao contrário de outros na maior parte das divididas. Excelente volante. Já mostro minha satisfação com este atleta há tempos. Sua fase é excelente e a personalidade de enfrentar um grande time que é o Inter, com craques em seu elenco, é de encher os olhos da torcida do Flamengo.

Juan está jogando muito bem e mereceu a convocação para a seleção brasileira. Obina mostrou que é um jogador de 45 minutos, marcando o gol do empate e poderia ter se consagrado com uma chance incrível nos acréscimos, dentro da área, mas o chute foi para fora.

A partida começou dominada pelo time da casa. Logo no começo do jogo, o árbitro não marcou um pênalti para o Inter, mas o goleiro Bruno retribuiu minutos depois com um presente para o atacante Nilmar empurrar a bola para o fundo do gol. O Flamengo ficou acuado em campo e o Colorado pressionou em busca do segundo gol. A zaga do Flamengo marcava mal e Nilmar infernizava com sua habilidade aliada com a velocidade. Ronaldo Angelim não conseguia acompanhar o camisa 9 do Inter, que tinha liberdade para avançar.

O Flamengo chegou ao gol pela primeira vez apenas aos 26 minutos em um chute fraco do meio-campo Ibson.

O Inter continuava na pressão e teve no mínimo mais três oportunidades para ampliar. Na última delas, novamente Nilmar, o atacante driblou o goleiro Bruno e chutou para o gol, porém Fábio Luciano salvou de carrinho em cima da linha.

A bronca do técnico Caio Júnior no vestiário mudou o espírito do time. Obina entrou na vaga do argentino Maxi Biancucchi e foi do Anjo Negro o gol do empate aos 14 minutos. Juan em falta na linha de fundo cruzou para a área, e o xodó subiu mais que os zagueiros colocando a bola no fundo do gol de Clemer.

A partida melhorou com as equipes criando diversas chances. Ibson quase virou o jogo aos 34 minutos, mas o Clemer salvou colocando para escanteio. Nos acréscimos, Erick Flores carimbou a trave e Obina foi infeliz na finalização na grande área. Nilmar ainda perdeu o gol da vitória em jogada individual, cortando Fábio Luciano e Angelim, mas a bola foi para fora, para alívio da Nação. Placar final: 1 a 1.

FICHA TÉCNICA: INTERNACIONAL 1 X 1 FLAMENGO

Estádio: Beira-Rio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 24/8/2008 - 16h (de Brasília)
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho(DF)
Auxiliares: Renato Miguel Vieira (DF) e Emerson de Carvalho (SP)
Renda/público: R$ 456.600,00 / 29.329 pagantes
Cartões amarelos: Adriano, Magrão, Rosinei, D'Alessandro (INT); Jaílton, Fábio Luciano, Aírton, Ibson, Erik Flores (FLA).


INTERNACIONAL: Clemer, Índio (Danny Morais), Bolívar e Marcão; Rosinei, Magrão (Taison), Guiñazú, D'Alessandro e Gustavo Nery; Alex (Adriano) e Nilmar. Técnico: Tite.

FLAMENGO: Bruno (4.5), Fábio Luciano (5.5), Jaílton (4.0) (Toró - 5.5) e Ronaldo Angelim (5.0); Leonardo Moura (6.0), Aírton (6.0), Ibson (5.5), Kleberson (6.0) e Juan (6.0); Marcelinho Paraíba (5.5) (Erik Flores - 5.0) e Maxi (4.5) (Obina - 6.0). Técnico: Caio Júnior (6.0).

VIDEOBLOG - INTER 1X1 FLAMENGO

Um comentário:

Warley Morbeck disse...

Pena que o Obina perdeu um gol feito. Poderíamos ter levado os três pontos.

Warley Morbeck
http://flamengoeternamente.blogspot.com/