A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 14 de agosto de 2008

Estréia com o pé esquerdo de Madson

Mesmo com um pequeno público e sob vaias e protestos de sua própria torcida, o Vasco estreou com o pé direito na Copa Sul-Americana. Com a vitória por 3x1 sobre o Palmeiras, podemos agora até perder por um gol de diferença na partida de volta em São Paulo. O vencedor do duelo enfrenta o ganhador de Nubiense (CHI) e Sport Ancash (PER).

A partida ficou marcada pelos protestos da torcida. Desde antes do apito inicial e mesmo após o fim do jogo, protestos de diversas formas foram vistos e ouvidos em São Januário. Faixas colocadas de cabeça para baixo e outras com dizeres como "LUTO PELA FALTA DE LUTA" e "JOGAREMOS DE GRAÇA E MELHOR QUE ELES". Uma parte da torcida foi de preto em protesto e a maior organizada do Clube sequer levou faixas e bandeiras ao estádio.

Apesar da pressão inicial do Palmeiras, o Vasco fez 1x0 com Alan Kardec aos 23. Um minuto depois, o time paulista empatou com Jefferson, em boa jogada de Denílson. Na base da garra e do espírito de luta, o Vasco chegou aos gols no segundo tempo, com um golaço de Mateus e com o mini-craque Madson, em cobrança de pênalti. O time soube se defender e segurar o resultado, que garante uma boa vantagem para o jogo de volta.

Ao fim do jogo, mesmo com a vitória, os jogadores ouviram da torcida "Ão, ão, ão, não fez mais que a obrigação". Somente um resultado positivo no domingo contra o Inter poderá trazer de volta o ânimo e o apoio da maior parcela da torcida.

No geral e dentro das possibilidades, o time foi bem e principalmente mostrou muita garra. Obviamente o time do Palmeiras de ontem era bem melhor que o nosso, mas nossos jovens compensaram no espírito de luta. Madson foi o destaque absoluto. O mini craque chamou a responsabilidade e teve uma atuação espantosa em todos os aspectos. Passou bem, driblou, finalizou, correu e teve sua atuação coroada com um gol de pênalti. Mateus e Alan Kardec, além dos gols, também mostraram bom futebol. Victor, como volante, foi muito melhor que como zagueiro, assim como Gallo no meio-campo ao invés de improvisado na lateral esquerda. Apesar da cara de Professor Pardal, Tita não inventou e colheu os frutos.

Quanto a contratações, a diretoria anda se movimentando, ainda que de forma errada e bisonha. Hoje serão apresentados os zagueiros Fernando e André e o volante Serginho. Os dois últimos são desconhecidos e já atuaram com o técnico Tita que deu o aval para as contratações. Eles vem respectivamente, dos poderosos Macaé e Ituano. Já Fernando, é cria do Império do Mal e antigamente chamava nossa camisa de pano de chão e recentemente deu declarações se dizendo flamenguista de corpo e alma. Ontem a torcida já hostilizou muito o zagueiro, gritando "OoOoOooO, fernando é o caralho". Hoje eles já estão treinando com o grupo para tristeza da torcida.

Pra completar o rol de burradas de ontem, a direção emprestou Morais ao Corinthians. Que não havia clima pra ele no Clube até minha avó sabia, mas por R$ 600 mil e com passe fixado em míseros US$ 3 milhões parece até piada de mau gosto. Se não bastasse o valor ridículo, eles ainda por cima não divulgam oficialmente, talvez com medo de admitirem a burrada que cometeram. Agora fica a pergunta: onde está a prometida transparência?

Pra contratar jogador da Série C é melhor deixar a molecada que ontem honrou a camisa!

Saudações vascaínas a todos!

Um comentário:

Jorge Costa disse...

Seja bem-vindo ao mundo do Futebol Carioca 2008.
Suas belas crônicas irão abrilhantar ainda mais este blog.
Boa vitória dos reservas vascaínos.Espero que seja um sinal de crescimento para sair dos últimos lugares.
Abraços