A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 9 de novembro de 2008

RENOVAÇÃO: Essa é a palavra

Carlos Alberto e Lúcio Flávio fazem sanduíche, mas Bota perde
Foto: Reuters
Torcedores do Glorioso,

Não dá mais para aturar esse elenco 2007/2008 do Botafogo. Está faltando raça. Tudo bem que os salários estão atrasados, mas vamos pegar o exemplo do Juan, saiu machucado, tem os salários atrasados e mesmo assim quis jogar. E por que isso não acontece no Botafogo? Não temos mais chance de disputar nada no brasileirão, mas isso é um clássico tem que ter raça para vencer, tem que mostrar que quer vencer. O problema todo é que temos jogadores pensando no ano que vem e o pior de tudo é que esse pensamento não passa nem perto do Botafogo. O pensamento é com qual time europeu vai assinar contrato.

Já consigo ver desânimo em cada jogador do glorioso. Alguns são realmente jogadores ruins e mesmo tentando não conseguem fazer boas partidas, outros só tentam proteger sua integridade física para não haver contusão e assim conseguir um contrato milionário para o ano que vem e alguns (3 ou 4 sendo otimista) ainda tentam honrar a camisa do fogão.

O que falar da atitude de Ney Franco? Pressionado quase o segundo tempo inteiro e não fez nada para mudar isso e quando fez faltava dez minutos para acabar o jogo e o Botafogo já perdia. Não sei o que se passa pela cabeça de um técnico desse. O que será que ele fez durante 35 minutos? Brincou de roda com a camissão técnica, estava dormindo, jogando video-game ou sacaneando a torcida do Botafogo? Tudo isso é possível, a única coisa que ele não fez foi tentar melhorar o time.

Vamos ao senhor Lúcio Flávio, jogou feito uma dama (por que mulher sabe jogar bola) hoje, se havia dúvida se ele vai renovar ou não, agora não há mais, a resposta é NÃO! O que acaba sendo bom para o Bota que vai deixar de sustentar jogador chinelinho.

E o Renan. Parecia um grande goleiro com promessa de futuro e bastou só pegar a condição de titular devido a contusão de Castillo que não passa nem perto daquele Renan de defesas milagrosas como nas do jogo contra o Coritiba, por exemplo. Resumo das 4 últimas partidas do "goleiro": Falha contra o São Paulo, pênalti contra o Atlético-MG, falha contra o Estudiantes e pênalti contra o Flamengo. Pelo rodízio ele vai falhar na próxima rodada, se bem que o chute do penal foi nas mãos dele e ele foi incapaz de pegar.

Já começamos o jogo com um adversário a mais, o árbitro. E durante a semana brigamos contra o STJD e a CBF, muitas siglas, mas o resumo da obra é: "BOTAFOGO É O PATINHO FEIO DO BRASIL". Prometo dar uma pesquisada, mas até agora não sei o que o clube da estrela solitária que revelou grandes craques para o futebol brasileiro fez para ser tão odiado pelos grandes cartolas.

O JOGO:

Não teve jogo. Ou teve por alguns minutos, algumas vezes um lance de rara habilidade de ambos os lados fazia ter um lance de perigo aqui e outro ali. Marcelinho Paraíba, o cabeça de fogo, teve algumas oportunidades de marcar a favor do rubro-negro como numa falta cobrada que pegou na junção da trave. O Botafogo perdeu boa chance no primeiro tempo com Jorge Henrique, onde Bruno salvou.

Eu citei o árbitro, estão lembrados? Então, aquele mesmo da confusão na final da Taça Guanabara. Com menos de um minuto Jorge Henrique foi derrubado por Bruno dentro da área e aí? pênalti? Se fosse a favor do Flamengo até poderia ser, mas como era a favor do Botafogo o jogo seguiu. E teve um pênalti a favor do Fla, de Renan (olha ele aí) em cima de Íbson. Kleberson que havia entrado em lugar de Juan machucado mandou nas mão do goleiro do Botafogo e conseguiu marcar.

Em lance de rara habilidade do esforçado, porém fraco para ser jogador do Botafogo, Fábio ele consegui se livrar da marcação e bater para o gol, mas o Flamengo tem goleiro, diferentemente do Bota e a bola parou nas mãos de Bruno. Fim de papo no Maraca e o Glorioso segue "levando com a barriga" as últimas rodadas do campeonato mais disputado do mundo.


BOTAFOGO 0 X 1 FLAMENGO

Estádio: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Horário: 19h10 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (RJ)
Auxiliares: Ediney Mascarenhas (RJ) e Wágner de Almeida Santos (RJ)
Renda/público: Não disponíveis
Cartões amarelos: Carlos Alberto, Diguinho, Renan, Andre Luis (BOT); Aírton, Juan, Sambueza (FLA)
Cartão vermelho: Eduardo (BOT), 46'/2ºT)
GOLS: Kleberson, 38'/2ºT (0-1)

BOTAFOGO: Renan, Thiaguinho (Fábio, 27'/1ºT), Renato Silva, Andre Luis e Triguinho; Leandro Guerreiro (Lucas Silva, 41'/2ºT), Túlio, Diguinho (Eduardo, 44'/2ºT), Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique. Técnico: Ney Franco.

FLAMENGO: Bruno, Jaílton, Fábio Luciano e Ronaldo Angelim; Luizinho, Aírton, Ibson, Sambueza e Juan (Kleberson, 34'/2ºT); Marcelinho Paraíba (Fierro, 28'/2ºT) e Maxi (Josiel, intervalo). Técnico: Caio Júnior.


ATENÇÃO TORCEDOR DO BOTAFOGO!!! A PARTIR DE AMANHÃ ATÉ TERÇA-FEIRA ENTREVISTA EXCLUSIVA COM O APOIADOR CAMACHO, HERÓI DO BOTAFOGO NA VOLTA À PRIMEIRA DIVISÃO EM 2003. ELE VAI CONTAR COMO ANDA SUA VIDA NA ÁRABIA, ONDE JOGA ATUALMENTE. SE RECUPERANDO DE CONTUSÃO NO RIO DE JANEIRO, CAMACHO ME RECEBEU E CONTOU, INCLUSIVE, SE PRETENDE VOLTAR AO BRASIL. NÃO PERCAM !!!

Um comentário:

Saulo disse...

Olha, eu até entendo esse desânimo dos jogadores por causa do salário atrasado, mas isso aumentou através das palhaçadas que a CBF fez antes desse jogo.
Olha, foi uma péssima partida para os dois times. Mais uma vez o safado do juíz decidiu a partida.
No início do jogo o Bruno fez um pênalti claríssimo em cima do Jorge Henrique e ele não deu. Até os comentaristas do SporTV acharam um absurdo não dá o pênalti, mas tudo bem, a nossa diretoria gosta de ser babaca, então vai ser sempre.
Vamos dá os parabéns para a CBF. Parabéns CBF!
Ah, a PM também.
Parabéns para essa nossa diretoria que gosta de ser palhaço.