A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

PERDEU, MAS LEVOU!

Duque de Caxia consegue o acesso a Segundona do Brasilero
Foto: Colin Foster - Futrio

Pode comemorar torcida Tricolor! Com direito a toda a dramaticidade possível, o Duque de Caxias garantiu vaga no Campeonato Brasileiro da Série B. O time da Baixada Fluminense, que dependia apenas de si, perdeu por 3 a 2 para o Confiança no Batistão, depois de chegar a vencer por 2 a 1, mas foi beneficiado pelas vitórias de Rio Branco-AC sobre Brasil-RS (4 a 1) e Guarani-SP sobre Águia-PA (2 a 1) e terminou o octogonal na quarta posição, a última entre os promovidos.

O início da partida foi surpreendente. Com o Confiança já eliminado e em campo apenas para cumprir tabela, esperava-se que o time sergipano fosse um sparring de luxo, mas não foi isso o que se viu. O primeiro balde d'água fria veio logo aos 2 minutos de jogo. Da Silva tentou cruzamento e a bola acabou no fundo da rede de Borges: 1 a 0 para o Confiança.

Burocrático e ineficaz durante quase todo o primeiro tempo, no qual só assistiu o Confiança jogar, por pouco o Duque de Caxias não saiu em desvantagem. Pênalti para o Confiança aos 37. Cristiano Alagoano chutou forte, mas Borges defendeu e segurou o placar mínimo.

O Tricolor da Baixada Fluminense acordou depois da defesa de Borges e começou a buscar o ataque com mais objetividade. Aos 44, boa jogade de Alan, que cruzou para a área e Dudu, no meio dos zagueiros, subiu para cabecear e deixar tudo igual: 1 a 1.

Segundo tempo de muitas emoções

O intervalo não esfriou o Duque de Caxias, que voltou a campo no mesmo ritmo que terminou o primeiro tempo. Pressionava muito a defesa e, logo aos 4 minutos, saiu o gol da virada. Silva cruzou e o último a tocar a bola foi Juninho: 2 a 1 para o Duque de Caxias. Dois minutos depois, Juninho deixou o campo para dar lugar a Geovani.

Com a vantagem no placar e um resultado que garantiria o acesso, o Tricolor optou por administrar a partida. Da Silva, o nome do jogo, armou a jogada que deixou Jádson na cara do gol para definir o empate: 2 a 2, aos 27 minutos do segundo tempo.

Franco atirador, sem nada a perder, o Confiança tomou gosto pela partida e continuou a pressionar para colocar água no chope fluminense. Aos 32, contou com a colaboração de Borges. Em cobrança de falta, o goleiro saiu mal, espalmou a bola para cima e ela caiu nos pés de Bira, que só teve o trabalho de chutar para o fundo da rede e definir: 3 a 2 para o time da casa.

Minutos finais de agonia

Com o resultado, Tricolor não dependia apenas de si e precisava contar com vitórias de Rio Branco e Guarani. Até aquele momento o time acreano vencia o Brasil de Pelotas-RS por 3 a 0 e a fatura já parecia liqüidada, mas em Campinas-SP a situação era dramática. O Bugre, que vencia o Águia por 1 a 0, sofreu o gol de empate aos 30 minutos da etapa final e o acesso do Duque dependia de um gol: seu, em Aracaju, ou do Bugre, no Brinco de Ouro da Princesa. Cinco minutos depois, Dairo deixou sua marca pela segunda vez, fez Guarani-SP 2 a 1 sobre o Águia-PA e garantiu as vagas de paulistas e fluminenses na Série B de 2009. Atlético-GO, Campinense-PB, Guarani-SP e Duque de Caxias foram os clubes promovidos.


FICHA DO JOGO

Estádio: Lourival Batista (Aracaju-SE)
Árbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE)
Assistentes: Jossemmar José Diniz Moutinho e Alcides Augusto de Lira Júnior (PE)

Confiança: Fábio; Jorginho (Jádson), Márcio Alemão, Bira e Ramon; Wilson Surubim (Rivaldo), Robinho, Alisson e Da Silva; Cristiano Alagoano e Fabinho (Yahoo). Técnico: Mauricio Simões.

Duque de Caxias: Borges; Douglas Silva, Tinoco (Edmilson), Silva e Alan (Douglas Fernandes); Cleber, Pingo, Renatinho e Juninho (Geovani); Edvaldo e Dudu. Técnico: Marcelo Buarque.

Fonte: Futrio

Nenhum comentário: