A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

segunda-feira, 3 de março de 2008

Resposta para a postagem "CHORANDO DE RIR"

Torcedores do Glorioso,

Parece que a final da Taça Guanabara ainda não acabou, após a derrota sofrida pelo Botafogo, os jogadores, juntamente com a comissão técnica, foram à entrevista coletiva e protagonizaram uma das cenas mais emocionantes de amor ao clube que esse país já viu. Porém, o fato não foi bem visto por nossos adversários que disseram que aquilo era uma falta de respeito contra o Flamengo, que se empenhou no campeonato, e começaram a desmoralizar o glorioso.

No calor do fim da partida todos falam besteiras, mas em nenhum momento o poder do Flamengo foi questionado pelo Botafogo, o protesto foi contra a falta de ética do árbitro da partida o SR. Marcelo de Lima Henrique. Em minha opinião, desrespeito contra o clube é desmoralizá-lo de todas as formas, como por exemplo, fazer uma montagem com o escudo chorando, pois o escudo é o símbolo máximo de um time, mais até do que a camisa que muda de modelo quase todo ano.

Essa não é a coluna “Do fundo do baú”, mas voltemos ao passado para mostrar quem desrespeita quem nesse clássico de tanta tradição:

No ano de 1944, o Flamengo estava sendo goleado por 5 a 2 pelo Botafogo, para não levar mais gols, eles simplesmente se sentaram no gramado e o juiz foi obrigado a encerrar o jogo aos 31 minutos do segundo tempo. Isso sim é uma falta de respeito contra o adversário e contra o torcedor.

Não satisfeitos com apenas uma cena grotesca, os jogadores rubro-negros protagonizaram mais uma, desta vez no ano de 1946, quando perdiam por 2 a 1 para o Botafogo e simplesmente abandonaram o campo aos 11 minutos do segundo tempo em protesto as expulsões de Perácio e Pirilo, ou seja, quando se sentem acuados pela arbitragem, eles não lutam,eles fogem do jogo. Então não me venham dizer que o Botafogo tem que jogar bola e parar de “chorar”, pois o chorão da história, veste vermelho e preto.

Qualquer rubro-negro vai vir com a justificativa de que foram garfados na final de 1989, pois choram até hoje, aliás, essa foi a última vez em que o Flamengo teve um lance de equívoco contra eles numa decisão e já se vão quase 19 anos. Ao contrário do Botafogo, que nas recentes decisões, tem sempre uma polêmica fresquinha, pronto para ser analisada.

Normalmente, a disputa de uma final, trás dinheiro e reconhecimento ao time, porém, no Botafogo, essa frase não é verdadeira, pois nas duas últimas finais que ele disputou o árbitro se equivocou em lances contra o glorioso e alguns jogadores foram suspensos pelo tribunal por reclamar da arbitragem. Chego a conclusão de que a final não é boa para o Botafogo, pois só trás prejuízo, mesmo que o time se empenhe para vencer.

Novamente chamo a atenção da FFERJ para o que está ocorrendo nas finais do estadual e fico na torcida para que as decisões da Taça Rio e do Campeonato Carioca, mesmo que o Botafogo não dispute, sejam limpas para que o Rio de Janeiro possa reconhecer como campeão aquele clube que melhor jogou o campeonato.

Saudações alvinegras.

2 comentários:

Maicon disse...

É isso ae kra eles tambem ja aprontarm muito com agente.E para o bem do futebol carioca o campeao tem q vencer dentro de campo nao com ajuda de arbitragem.

Anônimo disse...

MAICON, BOBÃO...
Õ MENGÃO É CAMPEÃO PORQUE É MAIS ESPERTO. NÃO TEM DINHEIRO, MAS COMO TÔDO URUBU É MALANDRO...TEM QUE PASSAR BICARIA....VAI DORMIR
TCHAU, BOBÃO
ABRAÇOS RUBRONEGROS
KID