A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sexta-feira, 21 de março de 2008

Do fundo do baú: BONSUCESSO(RJ) 4 x 5 BOTAFOGO(RJ)(1932)

No dia 02 de outubro de 1932, numa quarta-feira, Bonsucesso e Botafogo se enfrentaram na Estrada do Norte, atual Teixeira de Castro, em Bonsucesso, em um jogo que bastava ao Glorioso vencer para sagrar-se campeão, e foi exatamente o que aconteceu, o alvinegro venceu por cinco tentos a quatro com uma grande atuação do atacante Nilo, autor de quatro tentos. Nesse ano o Botafogo foi o campeão e deu início a uma seqüência de 4 títulos cariocas seguidos, a maior seqüência da história até os dias atuais.

Principais artilheiros do campeonato
Preguinho(FLU)..................21 gols
Carvalho Leite(BOT).............20 gols
Ladislau(BAN)...................20 gols
Nélson (FLA)....................19 gols
Chagas(ANDARAHY)................14 gols

O Jogo

BONSUCESSO(RJ) 4 x 5 BOTAFOGO(RJ)
Data: 02 / 10 / 1932
Local: Estrada do Norte / Bonsucesso
Árbitro: Carlito Rocha
Competição: Campeonato Carioca
BOTAFOGO: Victor, Benedicto e Rodrigues; Ariel, Martim e Canalli, Álvaro, Paulinho, Carvalho Leite(Almir), Nilo e Celso.
BONSUCESSO: Pinheiro, Fernandes e Barcelos; Loló, Otto e Marcelo; Carlos Prego, Martins, Leônidas da Silva e Miro
Gols: Nilo(4), Celso (Botafogo); Leônidas (3) e Loló (Bonsucesso)


O Craque: Nilo Murtinho Braga


Nilo Murtinho Braga nasceu a 3 de Abril de 1903 no Rio de Janeiro e faleceu a 5 de Fevereiro de 1975 na mesma cidade.

Apesar da baixa estatura Nilo tinha disposição para enfrentar os zagueiros. Veloz e habilidoso usava essas virtudes para penetrar com facilidade nas áreas adversária para as finalizações, que, na maioria das vezes, resultavam em gol“Pequeno no tamanho, gigante na atuação”.Essa foi a análise que “O Jornal” fez da estréia do atacante Nilo Murtinho Braga na equipe principal do Botafogo, em 4 de abril de 1920, no Torneio Início do Campeonato Carioca, disputado no estádio do Fluminense. O alvinegro não foi bem, sendo eliminado na segunda partida. Mas ganhou um de seus principais craques nas décadas seguintes.

Alvinegro de coração, Nilo aprendeu a gostar do clube acompanhando o tio Oldemar Murtinho ao acanhado campo da Rua São Clemente, onde o time mandou seus jogos no campeonato de 1912. Depois de ser campeão infantil pelo Fluminense, em 1916, ele estreou com a camisa alvinegra num jogo dos terceiros quadros, no Carioca de 1919, com vitória (1 a 0) sobre o Flamengo, em General Severiano).

Nilo continuou nas equipes secundárias até 1921. A partir de então, seu relacionamento com o clube que amava foi de brigas, algumas, e vitórias, muitas.

Em 1922, teve alguns desentendimentos e Nilo resolveu tomar uma atitude inusitada: transferiu-se para o Sport Club Brasil da Série B da 1ª Divisão do Campeonato Carioca porque não gostaria de enfrentar seu clube do coração. Contudo, voltou ao "Glorioso" em 1923, permanecendo até agosto, do mesmo ano. Foi o jogador que mais fez gols pelo Botafogo na competição estadual de 1923. No período de 14 de agosto a dezembro de 1923, atuou pelo S. C. Brasil, novamente,Em 1924 com a saída de seu tio (Oldemar Murtinho) do Botafogo, ingressou no Fluminense por três anos.

Nesse período foi campeão e artilheiro do Carioca de 1924.Nilo voltou para General Severiano em 1927, ano em que o clube começou a formar o timaço que venceu cinco títulos no início da década de 30. Artilheiro implacável, Nilo marcou 30 dos 67 gols botafoguenses no torneio do mesmo ano. Peça fundamental nas partidas decisivas, Nilo marcou 69 gols na campanha do tetra em 1932, 1933, 1934 e 1935.

Já distante da rotina diária do clube, Nilo continuou jogando esporadicamente até 16 de maio de 1937, quando se despediu do time, num empate em 2 a 2 com o Olaria. Foram ao todo, 201 jogos e 190 gols, que o deixam como o sexto maior artilheiro botafoguense da história.

Nilo foi cinco vezes campeão brasileiro com a Seleção Carioca e disputou a Primeira Copa do Mundo, em 1930, no Uruguai. Pela Seleção, atuou em 19 partidas, marcando 11 gols.Nilo foi artilheiro dos Campeonatos Estaduais de 1924, 1927 e 1933.

Clubes:

1918: América-RN
1919-1921: Botafogo-RJ
1922-1923: Brasil-RJ
1924-1926: Fluminense-RJ
1927-1937: Botafogo-RJ

Nilo Murtinho Braga no Botafogo

Estréia: 07 / 12 / 1919: 2 x 0 Bangu (Campeonato Carioca), Rua Ferrer gols de Carlito Rocha e Joppert.

Despedida; 16 / 05 / 1937: 2 x 2 Olaria (Campeonato Carioca F.M.D.), Rua Cândido Silva gols do Botafogo, Álvaro (2).

COMPETIÇÕES JOGOS GOLS

Campeonato Carioca (1919 a 1921 e 1923) 18 14

Amistosos (1919 a 1921 e 1923) 7 2

Campeonato Carioca (1927 a 1937) 130 127

Torneio Preparatório (1932) 3 1

Amistosos (1927 a 1935) 43 46

TOTAL 201 190

No torneio inicio foram 6 gols em 22 partidas.

TÍTULOS: Campeão Carioca (1930, 1932, 1933, 1934 e 1935).

ARTILHARIA:

Campeonato Carioca

1927: 30 gols

1933: 19 gols

SELEÇÃO BRASILEIRA PRINCIPAL (1929 a 1931):

Estréia: 09 / 01 / 1929 – 5 x 3 Barracas (Amistoso), Rio de Janeiro.

Jogos: 8

Gols: 6

Fontes: Lance: Série Grandes Clubes / BotafogoWikipedia,www.sambafoot.com.br / 100 anos gloriosos – almanaque do Centenário.

Do fundo do baú: Todas as terças e sextas

Próxima postagem: Castilho (Fluminense)

Nenhum comentário: