A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 9 de março de 2008

NO MARACANÃ É DIFERENTE

Léo Moura, Toró, Maxi e Marcinho comemoram o segundo gol do Flamengo
Foto - Fotocom.net

Torcedores do Mais Querido do Brasil,

O Flamengo esqueceu a derrota para o Nacional pela Libertadores e venceu o confronto diante do Americano por 3 a 1, no Maracanã, hoje, pela Taça Rio com gols de Maxi e Thiago Salles (2), Jessé descontou. Com o resultado o Mengão continua com 100% de aproveitamento no segundo turno e ocupa a segunda colocação do grupo A, com os mesmos números de pontos do Fluminense - 6 pontos - mas com saldo de gols inferior.

Com uma equipe mista, o Flamengo tratou de apagar a má atuação da última partida para um público muito aquém da maior e melhor torcida do planeta no Maior do Mundo. Mas como no Maracanã somos quase invencíveis e com o apoio da Charanga Rubro-Negra que não parou um só minuto no jogo inteiro, o time da Gávea partiu pra cima logo aos três minutos: Toró lançou Léo Moura na direita, o lateral se livrou do adversário e cruzou para a área. O goleiro Wander se antecipou ao argentino Maxi e evitou o primeiro gol.

O Americano parava o jogo seguidamente com faltas, mas em uma dessas Thiago Salles abriu o placar. Aos 20 minutos, Egídio foi empurrado por Isaías. O lateral esquerdo se prontificou a cobrar a falta e numa sobra de bola na pequena área, o zagueiro rubro-negro estava lá para completar para o fundo do gol. Fla 1 a 0.

Dois minutos depois, em uma bola que parecia perdida após cruzamento de Marcinho, o goleiro alvinegro vacilou, Maxi o driblou e quase sem ângulo ampliou o placar. Fla 2 a 0. O time de Campos só teve oportunidades de marcar em cobranças de falta que não assustaram o goleiro Bruno.

No segundo tempo, aos cinco minutos, Maxi, em dia inspirado, perdeu um gol cara a cara com o goleiro adversário. Parecia que o Mengão daria um chocolate antecipado de Páscoa, porém, o Americano em uma jogada de sorte dimimuiu com Jessé. A zaga rubro-negra cochilou e Jaílton de forma estabanada foi tirar a bola da área chutando contra o pé do atacante do Americano. A bola morreu no fundo da rede, sem chances para o camisa 1 da Gávea.

O gol do adversário fez o técnico Joel Santana mexer na equipe colocando o "Caveirão", Souza, e Renato Augusto que retornou aos gramados após sofrer uma grave contusão no rosto (osso malar). E o meia voltou de forma esplêndida. Aos 32 minutos, Renato Augusto cobrou falta da linha de fundo e colocou a bola na cabeça de Thiago Salles que marcou o terceiro gol do Flamengo no jogo. O zagueiro se torna o vice-artilheiro da equipe no campeonato carioca.

Com a vantagem no placar, o time do Fla trocou passes e esperou o apito final do árbitro Leonardo Garcia que arrastou a partida até os 50 minutos. O próximo desafio da equipe comandada pelo Natalino será na próxima quarta-feira, às 19:30, no Maracanã, contra o Mesquita, também pela Taça Rio.

Ficha Técnica:

Flamengo: Bruno (7.5), Leo Moura (6.0), (Luizinho - 5.0), Leonardo (6.0), Thiago Sales (7.5), Egídio (6.5), Gavilan (7.0), Jailton (5.5), (Renato Augusto - 6.5), Jônatas (7.0), Toró (6.5), Maxi (7.5), Marcinho (7.0), (Souza - 5.0). Técnico: Joel Santana (6.5)

Americano: Wender, Anderson, Ciro, (Ricardo), Leandro Leite, Ivan, (Rondinelli), Izaías,(Silvan), Pirão, Bruninho, Alexandre, Leandro Matera, Romualdo. Técnico: Sérgio Alexandre

Cartões amarelos: Leandro Matera, Egídio, Izaías, Leonardo e Jônatas; Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro; Auxiliares: Jorge Luis Campos Roxo e Rodrigo Pereira Jóia; Renda: R$ 99.236,50; Público: 8.821 pagantes (10.047 presentes)

Nenhum comentário: