A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 23 de março de 2008

Chocolate à paulista

A coelhada alvinegra faz a festa nos 7 a 0.
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Glorioso,

Perdoem-me o trocadilho mas não há como evitá-lo, nesse domingo de Páscoa o Botafogo deu um verdadeiro chocolate no Macaé com direito a show do novo artilheiro do estadual, Wellington Paulista, numa tarde inspirada o fogão fez 7 a 0 no Macaé com 4 gols do atacante alvinegro. Lúcio Flávio, Fábio e Triguinho completaram a goleada.

Antes da bola rolar os jogadores do Botafogo atiraram ovos de Páscoa para a torcida, mas faltava distribuir chocolate ao coadjuvante Macaé, este recebeu com a bola rolando. Logo no início o Botafogo mostrou o que estava por vir, pois aos sete minutos, Lúcio Flávio lançou Triguinho que cruzou para a área o coelinho da tarde, Wellington Paulista, se antecipou ao zagueiro e abriu o placar no Engenhão. Logo depois Fábio encobriu o goleiro Cássio e a bola passou caprichosamente ao lado da trave, quase o segundo.

Aos 13 minutos, com o Macaé descontrolado, o glorioso ampliou, Wellington Paulista recebeu bom passe de Fábio, e, da entrada da área, pelo lado direito, chutou cruzado e fez 2 a 0. O "chocólatra" Macaé não se contentou com apenas dois gols, e deu espaço para o terceiro, Túlio invadiu a área, deu um drible lindo no zagueiro e rolou para Wellington Paulista fazer o terceiro dele e o terceiro do Botafogo, 3 a 0 e alegria dos pais do atacante, presentes no Engenhão.

O técnico Tita promoveu uma mudança no time, sacou Zada e colocou Marcinho, tentando diminuir o ímpeto alvinegro, porém não surtiu muito efeito, o incansável, Wellington Paulista foi derrubado por Walace dentro da área, pênalti e o zagueiro do Macaé foi expulso. Lúcio Flávio bateu e Cássio defendeu, o árbitro mandou voltar devido invasão dos defensores do Macaé, na segunda cobrança, o maestro deslocou o goleiro e fechou a goleada do primeiro tempo: 4 a 0.

Normalmente o Botafogo recua com a vitória assegurada, porém hoje foi diferente, a torcida empurrou o time ao ataque, aos 18 minutos Triguinho cruzou da esquerda, Adriano Felício escorou de cabeça para o meio da área e Fábio tocou para o fundo da rede, Botafogo 5 a 0. Pouco tempo depois Triguinho desceu bem pela esquerda, driblou Cássio e finalizou de pé esquerdo, golaço, o primeiro do lateral com a camisa do Botafogo, 6 a 0.

Uma bandeira na arquibancada homenageava o eterno camisa 7, Mané Garrincha, parece que esse numero 7 mais uma vez deu alegria ao Botafogo, pois Wellington Paulista iria marcar mais um, o quarto dele na partida se tornado o jogador que mais marcou em um só jogo no Engenhão, cobrança rápida de lateral para Felício que cruzou na medida e o atacante só teve o trabalho de empurrar para o fundo da rede, 7 a 0.

Os torcedores se despediram do time aos gritos de "Valeu fogo" e terão uma Páscoa recheada, o glorioso volta a campo contra o Cardoso Moreira na próxima quarta-feira.

BOTAFOGO 7 x 0 MACAÉ

Gols: Wellington Paulista (7, 13 e 22m/1ºt), Lucio Flavio (43m/1ºt), Fábio (18m/2ºt), Triguinho (23m/2ºt) e Wellington Paulista (25m/2ºt).
Cartões amarelos: Lucio Flavio (BOT); Wallace, Otávio, Marcinho, Alex dos Santos (MAC)
Cartão vermelho: Wallace (MAC)
Árbitro: Leandro Noel Laranja
Auxiliares: Claudio José de Oliveira Soares e João Luiz de Albuquerque
Data: 23/03/2008
Público: 12.152 pagantes / Renda: R$ 163.990,00.
Estádio: Engenhão, no Rio (RJ)

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro (Túlio Souza), Renato Silva, Ferrero (André Luis), Triguinho, Diguinho (Abedi), Túlio, Adriano Felício, Lúcio Flávio, Fábio e Wellington Paulista. Téc: Cuca

MACAÉ: Cássio, Otávio, André, Wallace, Bill (Alex dos Santos), Mário César, Steve, Zada (Marcinho), Geraldo, Wallacer e Jones. Téc: Tita

Nenhum comentário: