A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sexta-feira, 7 de março de 2008

Do fundo do baú: Flamengo 4 x 1 Amérca (RJ) (1956)

mNo dia 4 de Abril de 1956 numa segunda feira, Flamengo e América se enfrentaram no Maracanã na decisão do campeonato carioca de 1955, com os rubro-negros goleando o América por 4 tentos a 1 levando o título para a Gávea. O Presidente Juscelino Kubitschek esteve no estádio prestigiando o evento.

O Jogo

FLAMENGO(RJ) 4 x 1 AMÉRICA(RJ)
Data: 04 / 04 / 1956
Local: Maracanã
Renda: CR$2.492.334,40
Árbitro: Mário Vianna
Gols: Dida(3), contra, Romeiro
FLAMENGO:Chamorro, Tomires, Pavão, Servílio, Dequinha e Jordan; Joel, Duca, Evaristo, Dida e Zagallo / Técnico: Fleitas Solich
AMÉRICA: Pompéia, Rubens, Édson, Ivan, Osvaldinho e Hélio; Canário, Romeiro, Leônidas, Alarcón e Ferreira / Técnico: Antônio Carlos Mangualde

Artilheiro do campeonato carioca
Paulinho (FLA).......... 23 gols
Waldo (FLU .............18 gols
Hílton (BAN). ...........17 gols
Pinga (VAS).......... 17 gols
Leônidas da Selva(AMÉ)... 16 gols
Leo (OLA) ...............16 gols

O Craque: Evaristo de Macedo

Foto: Site oficial do Flamengo

Evaristo de Macedo Filho nasceu no bairro do Engenho Novo no dia 22 de junho de 1933. Evaristo começou a carreira de jogador no Madureira em 1950. Dois anos depois, ele já estava no Flamengo, onde foi tricampeão carioca em 1953, 1954 e 1955. Depois se transferiu para o Barcelona onde conseguiu ser ídolo de dois rivais na Espanha quando depois jogou no Real Madrid. Jogando no juvenil do Madureira, Evaristo foi escolhido para defender o Brasil nas Olimpíadas de Helsinque em 1952. Eram todos amadores, segundo o regulamento da competição. Quase todos os jogadores brasileiros eram juvenis. As exceções ficavam por conta dos militares, Carlos Alberto, goleiro, tenente da Aeronáutica e Valdir, zagueiro, sargento da Aeronáutica e do convicto amador, o ponta-esquerda Jansen. O time, dirigido por Nílton Cardoso, filho de Gentil, era muito bom. Basta citar alguns nomes que depois chegariam à seleção nacional, como Vavá, Humberto, Zózimo, Paulinho, Larry e Wassil. Tanto Evaristo quanto Paulinho não tiveram oportunidade de jogar, ficando na reserva.

Em 1953 foi para o Flamengo. Naquele ano, nos aspirantes do rubro-negro, azucrinou os adversários ao lado de Paulinho, Duca, Maurício e Zagallo. Foi tricampeão pelo Flamengo de Fleitas Solich nos anos de 1953/54/55. Em 1957 foi contrato pelo Barcelona da Espanha.


Chegou à seleção brasileira principal em 1955, jogando contra o Chile, no Maracanã. Era a despedida de Zezé Moreira e a estréia dos jovens Evaristo e Garrincha. Em 1956, chamado por Flávio Costa, participou da primeira excursão planejada da Confederação Brasileira à Europa. No ano seguinte, sob o comando de Osvaldo Brandão, foi vice no Sul-americano realizado em Lima. Lá, na partida contra a Colômbia, Evaristo, ao marcar a cinco dos nove gols da seleção brasileira, despertou a cobiça dos espanhóis. Antes de viajar para a Espanha, Evaristo ainda ajudou o Brasil se classificar para o mundial da Suécia, eliminando o Peru em duas partidas.

Foi na Espanha que Evaristo se tornou um dos maiores atacantes do futebol do planeta. De 1957 a 1962 defendeu o Barcelona, pelo qual foi campeão espanhol em 1959 e 1960, da Copa das Feiras da Europa em 1958 e da Copa da Espanha em 1959. Disputou a final da Copa da Europa dos Clubes Campeões de 1961, perdendo para o Benfica. Pelo Barcelona atuou 219 vezes, marcando 173 gols. Todos esses feitos fizeram com que o clube espanhol o destacasse como um de seus melhores jogadores, homenageando-o com uma enorme fotografia, na entrada da sede, que retrata Evaristo em ação. Em 1962 foi contratado pelo arqui-rival Real Madrid.

Evaristo continuou sua arrasadora sina de goleador, levando o Real a conquistar um tri campeonato espanhol nos anos de 1963/64/65. Evaristo retornou ao Flamengo em 1965, sagrando-se campeão carioca do ano. Depois de se aposentar como jogador, iniciou uma vitoriosa carreira de treinador.

Clubes
1950-1952 - Madureira
1953-1957 - Flamengo
1957-1962 - Barcelona
1962-1965 - Real Madrid
1965-1967 - Flamengo

Gols
Seleção Brasileira............ 13 jogos / 08 gols
Barcelona........................279 jogos /173 gols
Flamengo........................182 jogos/ 102 gols

Títulos
Campeonato Carioca / 1953, 1954, 1955, 1965 (Flamengo)
Copa del Rey / 1959 (Barcelona)
Espanhol /1959, 1960,(Barcelona); 1963, 1964, 1965 (Real Madrid)

Fontes: Museu dos Esportes
Wikipedia
Almanaque do Flamengo / Roberto Assaf e Clóvis Martins /Placar
2001Portal Campeonato carioca

Um comentário:

Anônimo disse...

Olá,
Gostaria de saber mais sobre o Canário do América e ver a foto.Qual o nome dele todo?