A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 27 de março de 2008

Economia alvinegra

Fábio e Wellington Paulista comemoram o gol único do Botafogo.
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Glorioso,

O Botafogo recebeu o Cardoso Moreira no Engenhão, quem achava que o fogão iria aplicar outra goleada, se enganou, mesmo estando com um jogador a mais desde o primeiro minuto de jogo o Botafogo fez apenas um gol numa noite em que o time inteiro esteve mal. As jogadas pelas laterais não saiam, o meio-campo estava muito povoado e as finalizações desastrosas.

No primeiro lance do jogo, Fábio recebeu de Lúcio Flávio e foi derrubado, falta e expulsão do zagueiro Pandora, começava ali a superioridade alvinegra. Aos oito minutos a primeira grande oportunidade, jogada ensaiada na falta e Túlio rolou para Jorge Henrique acertar o travessão. Com uma atuação bastante apagada o Botafogo teve outra oportunidade aos 19, Alessandro cruzou para André Luís carimbar novamente o travessão do goleiro Zé Romário.

Se Romário não fez o gol 1000 no Botafogo, o alvinegro também não conseguia superar o quase chará do baixinho, o goleiro Zé Romário, porém, "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura." Lúcio Flávio cobrou escanteio, Renato Silva desviou e Wellington Paulista, em impedimento, escorou para a rede, Botafogo 1 a 0.

O Botafogo seguia ofensivo no jogo, tanto que Renato Silva se aventurou ao ataque, mas acabou sendo desarmado. Já ao fim do primeiro tempo, Lúcio Flávio cruzou e Fábio cabeceou para importante defesa do goleiro do Cardosão.

Na volta para o segundo tempo o glorioso voltou com uma mudança, Túlio Souza em lugar de Fábio. No segundo tempo o jogo não mudou muito, o Botafogo seguia pressionando mas a defesa do Cardoso Moreira se portou bem, e em alguns lances a "cera" dos jogadores dos visitantes era nítida.

Para dar mais movimentação ao ataque, Cuca colocou Felício em campo, mas o sempre apagado meio-campo alvinegro, não fez nada de produtivo e foi mais um que pouco apareceu. Algumas tentativas criadas pelo Botafogo, o goleiro Zé Romário defendia e o glorioso parecia conformado com o resultado apesar do tímido apoio da torcida.

Nos minutos finais, o Cardoso Moreira ainda chegou a assustar o Botafogo. Em chutes venenosos, o veterano Neném fez a torcida alvinegra prender a respiração, mas a defesa evitou o resultado surpreendente. Fogão na semi-final.

Hoje o ataque não esteve bem, mas foi apenas uma economia, todos os gols estão guardados para serem feitos no clássico vovô de domingo. Que venha o Flu !

BOTAFOGO 1 x 0 CARDOSO MOREIRA

Gols: Wellington Paulista (23m/1ºt)
Cartões amarelos: Renato Silva (Botafogo); Zé Romário, Vágner Carioca (Cardoso Moreira)Cartão vermelho: Pandora (Cardoso Moreira)
Árbitro: Bruno Ferreira Cortez (RJ)
Auxiliares: Sergio Waldman (RJ) e Marcelo da Silva Cardoso (RJ)
Data: 27/03/2008
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 3.542 pagantes / Renda: R$ 54.870,00

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro (Adriano Felício), Renato Silva, Andre Luis, Triguinho, Túlio (Abedi), Diguinho, Lucio Flavio, Jorge Henrique, Fábio (Túlio Souza) e Wellington Paulista. Téc: Cuca.

CARDOSO MOREIRA: Zé Romário, Caboclo, Thiago, Pandora, Neném, Henrique, Índio (Vítor), Léo, Germano (Wallace), Willian e Vágner Carioca (Fábio Tosca). Téc: Jeová Ferreira.

Nenhum comentário: