A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 13 de março de 2008

Noite de gala alvinegra

André Luis comemora o primeiro dele com a camisa do Botafogo.
Foto: lancenet


Torcedores do Glorioso,

Botafogo e Duque de Caxias se enfrentaram pela terceira rodada da Taça Rio, o fogão levou a melhor e goleou por 4 a 1 mantendo os 100% de aproveitamento no torneio. A defesa preocupava no jogo de hoje, pois os dois titulares estavam suspensos, Cuca escalou André Luís e Édson, depois falamos deles. O certo é que o Botafogo jogou com 12, pois o gandula, com as rápidas reposições de bola nos escanteios, permitiu que o Bota criasse grandes chances.

O ensaio para o clássico do próximo domingo começou amarrado, o Botafogo era melhor mas parava na marcação do adversário, as jogadas com Lúcio Flávio, pelo meio, e Alessandro, pela ponta, eram as armas do fogão para tentar inaugurar o marcador. Aos 17 minutos o primeiro gol saiu, Lúcio Flávio cobrou falta, Édson escorou e André Luís só teve o trabalho de jogar no canto do goleiro, Botafogo 1 a 0.

Após o gol o Glorioso relaxou e quase levou o empate por intermédio de Tinoco. Mas aos 28 o fogão ficou em vantagem numérica, Marcelo Cardoso agrediu Wellington Paulista fora do lance de bola, e recebeu o cartão vermelho. E aos 45 o Botafogo fez o segundo, Lúcio Flávio cobrou escanteio curto para Triguinho que devolveu ao capitão, ele avançou e chutou forte para marcar um golaço. Final do primeiro tempo e o fogão vencia com facilidade 2 a 0.

O segundo tempo chuvoso começou sem qualquer alteração de ambas as equipes. O alvinegro continuava com a iniciativa de jogo e o gol não demorou a sair, Alessandro roubou bola no campo de defesa e armou o contra-ataque do Botafogo, eis que a bola chega nos pés de Lúcio Flávio e o maestro com apenas um toque deixa o lateral carequinha na cara do gol e ele dá um toquinho sem piedade por cima de Thiago, aumentando a agonia do Caxias. O lateral que foi vaiado no início do ano ganhou moral nos gritos da torcida: "Alessandro é seleção!” .

Sentindo que a vitória era questão de tempo, a pequena torcida presente no Engenhão começou a cantar o hino do Botafogo que acabou servindo de base para o quarto gol, outra cobrança de escanteio de Lúcio Flávio para Édson, de cabeça, fechar a boa atuação da defesa e do time. Botafogo 4 a 0.

Porém nem tudo é perfeito, nos minutos finais a defesa falhou e Mádson recebeu para tocar na saída de Castillo e fazer o gol de honra dos visitantes.

Aqui já deixo um recado: "Ô urubu, pode esperar, a tua hora vai chegar !!"

BOTAFOGO 4 x 1 DUQUE DE CAXIAS

Gols: André Luís (17m/1ºt), Lúcio Flávio (45m/1ºt), Alessandro (17m/2ºt), Édson(30m/2ºt) e Mádson (34m/1ºt).
Cartões amarelos: Jorge Henrique, Andre Luis, Fábio (Botafogo); Alan, Tinoco, Alessandro, Humberto (Duque de Caxias)
Cartões vermelhos: Marcelo Cardoso, Alessandro (Duque de Caxias)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Auxiliares: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Fernanda Lisboa da Silva (RJ)
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 3.940 pagantes / Renda: R$ 63.240,00

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro, Andre Luis, Edson, Triguinho, Eduardo (Adriano Felício), Túlio (Fábio), Lucio Flavio, Zé Carlos, Jorge Henrique (Wellington Junior) e Wellington Paulista. Téc: Cuca.

DUQUE DE CAXIAS: Thiago, Eduardo, Alessandro, Tinoco, Alan, Silva, Humberto, Marcelo Cardoso, Geovane (Renatinho), Edivaldo (Cléber) e Viola (Madson). Téc: Marcelo Buarque.

Nenhum comentário: