A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 27 de janeiro de 2008

Trem de Gols

Ibson, Léo Moura e Toró puxam o trêm rubro-negro na goleada diante do Caxias
Foto: Ag Fotocom.net - Maurício Val


Torcedores do Mais Querido do Brasil,



A cada rodada o Mengão mostra seu favoritismo ao título da Taça Guanabara. Com uma apresentação quase que impecável na nossa casa, o Maracanã, a "Seleção" Rubro-Negra aplicou uma impiedosa goleada por 5 a 1 sobre o Duque de Caxias.

No início da partida, o time da Gávea sufocou a equipe da Baixada Fluminense. Souza perdeu um gol incrível ao ficar cara a cara com o goleiro logo aos cinco minutos. Mas o placar só foi alterado aos 20 minutos com Marcinho, sendo o primeiro gol do meia atuando com a camisa do Flamengo.

O gol empolgou a torcida que queria mais e foi prontamente atendida. Ibson em um chute lindo ampliou. Fla 2 a 0.

Logo depois, em cobrança de falta por Jaílton, o goleiro Fernando espalmou a bola nos pés de Léo Moura que só teve o trabalho de empurrar para o fundo do gol. Fla 3 a 0.

O Duque de Caxias estava muito abaixo da sua apresentação diante do Fluminense. Os principais jogadores estavam apagados. Madson sumido e bem marcado, Djair nitidamente fora de forma em sua estréia pouco apareceu e à respeito de Viola, a bola não chegava ao ataque.

O quarto gol saiu ainda no primeiro tempo. Aos 40 minutos, Juan foi derrubado na área, penâlti marcado pelo árbitro Wagner do Nascimento Magalhães. Advinha quem apareceu para cobrar? Bruno. O arqueiro veio todo empolgado para bater com o apoio da torcida e do técnico Joel Santana, porém Souza impediu. Deixa de ser "fominha" Souza!

Para a sorte do atacante, ele cobrou bem e converteu a penalidade. Fla 4 a 0.

Uma vantagem quase que insuperável não diminuiu o ímpeto rubro-negro na volta do intervalo. O quinto gol ocorreu logo aos 4 minutos: Após um belo lançamento de Juan, Léo Moura tabelou com Ibson que fuzilou o gol do Duque de Caxias.

Sem muito esforço o Flamengo tabelava e chegava facilmente na área adversária. Entretanto o sexto gol não ocorreu e como aquele ditado diz: Quem não faz, leva, o Duque de Caxias diminuiu aos 37 minutos com Eduardo.

Três minutos depois, falta próxima a área. Bruno se apresentou para cobrar, porém a pontaria precisa ser melhor preparada. Isso mostra a falta de batedores? Entre ter Jailton como batedor, prefiro Bruno.

Ao fim da partida, o Flamengo abre 2 pontos de vantagem para o Fluminense que empatou com o Macaé (próximo adversário na quinta, às 19:30, no Maracanã) e mantém os 100% de aproveitamento.

Ficha Técnica:

Flamengo: Bruno (8.5), Leo Moura (9.0), Fábio Luciano (7.5), (Rodrigo - 6.5), Ronaldo Angelim (8.0), Juan (7.5), Jaílton (6.5), Jônatas (7.5), Ibson (8.5), Toró (8.0), Marcinho (8.0), (Maxi - 6.0), Souza (7.5), (Obina - 6.5). Técnico: Joel Santana (9.0)

Duque de Caxias: Fernando, Eduardo, Alessandro, Daniel, (Gustavo), Alan Silva, Marcelo, Cardoso, (Gavião), Djair, Renatinho, Madson, Viola, (Adenis). Técnico: Manoel Neto

Cartões amarelos: Silva, Eduardo, Madson, Djair, Daniel e Marcelo Cardoso (Duque de Caxias); Marcinho e Fábio Luciano (Flamengo)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Auxiliares: Marco Aurelio dos Santos Pessanha e Paulo Sérgio Durães
Público: 19.812 pagantes
Renda: R$ 262.760,00



"Vamos Mengão, Avante Mengão, Nosso Time é Forte!"

Nenhum comentário: