A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sábado, 19 de janeiro de 2008

Botafogo estréia com vitória na Taça GB

Zé Carlos comemora o primeiro gol do Botafogo.
Foto: Globoesporte.com

Torcedores do Glorioso,

O Botafogo fez sua estréia no estadual diante do Resende no Engenhão, a diretoria trabalhou firme até meia-noite de ontem e conseguiu regularizar a situação de Castillo, que atuou de titular na partida de hoje.

O Resende surpreendeu o fogão com um esquema ofensivo, mas que poucas vezes preocupou o goleiro do alvinegro; logo aos nove minutos um lance polêmico, depois da confusão na área da equipe do interior, a bola sobrou livre para Wellington Paulista, o atacante dominou e foi claramente empurrado pelo marcador, pênalti ignorado pelo árbitro Adriano Machado, a primeira "garfada" que o Botafogo leva no ano.

Pouco tempo depois o glorioso começou a dar ritmo ao jogo e o inteligente Jorge Henrique cavou uma falta na entrada da área, Lúcio Flávio cobrou com a maestria de sempre e arrancou os gritos de "uhhhh" da torcida. Depois disso o jogo ficou igual e numa investida de ataque do Resende, o atrapalhado Renato Silva fez falta boba e recebeu o cartão amarelo, ele passou a ser vaiado pela torcida. Quase no final do primeiro tempo dois lances incríveis, o primeiro foi com Wellington Paulista, o inspirado atacante bateu de perna direita e a bola pegou nas duas traves antes de sair e depois Diguinho dominou a bola e o zagueiro cortou com a mão, o árbitro ignorou o lance.

Na volta para o segundo tempo, Cuca colocou o atacante Fábio para dar mais ofensividade ao time, o Botafogo continuou dominando a partida, mas parava na forte marcação do adversário.

Numa jogada de ataque o glorioso conseguiu uma falta de longa distância, se fosse no ano passado era posição para Juninho, mas o Botafogo tem Zé Carlos, o camisa 11 bateu de perna esquerda e fez a alegria da galera, Botafogo 1 a 0.

A partir do gol o Botafogo passou a não levar sustos na defesa e tinha muitas oportunidades de ampliar, o atacante Fábio entrou livre na grande área e foi puxado pelo adversário, outro pênalti claro que o juiz deixou passar. Wellington Paulista não estava com sorte no ataque, mas depois de receber passe de Jorge Henrique, o atacante se livrou da marcação e fez o segundo do Botafogo, o primeiro dele pelo novo time. Depois disso o Botafogo passou a tocar bola esperando o tempo passar e Cuca trocou peças para descansar os atletas, final, Botafogo 2 a 0, uma estréia boa.

Botafogo: Castillo; Alessandro, (Fábio), Renato Silva, Ferrero, Triguinho; Diguinho, Túlio, Zé Carlos,(Adriano Felício), Lúcio Flávio; Jorge Henrique, Wellington Paulista (Marcelinho). Técnico: Cuca

Resende: Rodolpho; Valdir, Márcio Costa, Naílton, Fabiano, Fred, (Roberto), Beto, Hiroshi, (Fábio), Léo, Rafael, Arangio, (Jack Jones). Técnico: Antônio Carlos Roy

------------------------------------------------


Fogão é campeão da Copa Peregrino

Lúcio Flávio ergue o troféu da Copa Peregrino.

Não adianta o chororô de flamenguistas, tricolores, vascaínos e americanos, o título da Copa Peregrino é mesmo do fogão, depois de vencer o Stabaek e golear o Viking, o alvinegro contou com uma ajudinha do algoz Boavista, que venceu o Start, para sagrar-se o campeão da primeira Copa Peregrino, um título que para alguns é sem importância, mas com certeza trará mais confiança ao elenco alvinegro.

- Esperamos que isso se repita por toda a temporada, que o Botafogo possa conquistar muitos títulos esse ano - comentou o capitão Lúcio Flávio ao receber o troféu após o jogo contra o Resende.

Título é título, não importa o grau de dificuldade da competição, o Botafogo é o primeiro carioca a soltar o grito de "é campeão" esse ano.

Nenhum comentário: