A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

terça-feira, 6 de maio de 2008

Roger: Um predestinado!!!

Roger comemora o gol da vitória.
Crédito: Agência/Photocâmera



Caros amigos tricolores,

O Fluzão venceu o Atlético Nacional-COL por 1 x 0 e se classificou para as quartas-de-finais da Taça Libertadores da América 2008. O goi da vitória foi marcado pelo zagueiro e ídolo tricolor Roger, de cabeça, aos sete minutos do segundo tempo, após cobrança de falta de Thiago Neves. Agora, o Tricolor das Laranjeiras espera o vencedor de São Paulo x Nacional-URU para saber quem será o adversário na próxima fase.

O jogo se resume ao parágrafo acima, já que como no jogo na Colômbia, o Fluminense não pareceu mostrar vontade nenhuma de jogar, excessão feita a dois jogadores: Conca e o novo "Marcão" da torcida tricolor: Roger. E é deste último que eu quero falar.

Ano passado, na final da Copa do Brasil, o zagueiro Luiz Alberto se machucou na primeira partida da final, e não poderia enfrentar o Figueirense no jogo de volta. Nisso, Roger foi escalado para a partida. O zagueiro construiu uma carreira vitoriosa no Grêmio de Felipão, conquistando 3 Copas do Brasil, Libertadores, Brasileiro e Campeonatos Gaúchos. E quis o destino que aos três minutos de jogo, Roger marcasse o gol do título, que colocou o Flu na Taça Libertadores.

E mais uma vez o destino fez de Roger um herói: Thiago Silva, o melhro zagueiro do Brasil se machucou no primeiro jogo das oitavas-de-finais da Libertadores e mais uma vez Roger foi escalado. Antes do jogo, foi homenageado pelo Fluminense, recebendo uma camisa comorativa pelso 100 jogos com a camisa do tricolor. E ele rsolveu contribuir à altura, marcando o gol da vitória, o seu décimo com a camisa tricolor. Parabéns Roger, que você continue mostrando a todos do Flu o que é jogar com raça, amor a camisa e principalmente, muita, mais muita vontade vencer!!!!!

FICHA DO JOGO:

FLUMINENSE 1 x 0 NACIONAL-COL

Fluminense: Fernando Henrique, Gabriel (Carlinhos), Luiz Alberto, Roger e Junior Cesar; Ygor, Cícero, Conca e Thiago Neves (Maurício); Dodô e Washington (Tartá). Técnico: Renato Gaúcho

Nacional-COL: Barahona, Zúniga (Córdoba), Mendoza, Moreno e Vélez; Córdoba, Martínez (Toro), Amaya Martel (Murillo) e Arrué; Villagra e Muñoz. Técnico: Oscar Quintabani

Gol: Roger, aos sete minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Moreno (NAC); Público: 31.700 pagantes; Renda: R$ 642.948,00
Estádio: Maracanã; Data: 06/05/2008; Árbitro: Victor Rivera (PER); Auxiliares: Luís Ávila (PER) e César Escano (PER)

Um comentário:

Diogo Ferreira disse...

Concordo com você ele é predestinado seria o Obina do flu hehe. A torcida vaiou o time durante o jogo, afinal eles não jogaram lá essas coisas.

www.ConfionoMengao.blogspot.com

Saudações Rubro Negras!