A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quarta-feira, 28 de maio de 2008

O BRASILEIRO É OBRIGAÇÃO

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

A torcida rubro-negra se mobilizou e entregou ao capitão Fábio Luciano todo seu sentimento, angústia e desabafo após a desclassificação para o América, pela Taça Libertadores e explicou a faixa estendida na arquibancada do último jogo contra o Internacional, no Maracanã, no qual dizia: "O Brasileiro é obrigação". A Nação expressou de uma forma inteligente e sábia tudo aquilo que pensamos e que nos estava engasgado desde aquele jogo pífio e que o elenco tenha mais disposição toda vez que pisar nos gramados com o Manto Sagrado, pois talvez alguns ou muitos deles não saibam o que siginifica ser Flamenguista.


Confira abaixo a carta na íntegra:

O Brasileiro é sim obrigação. Voltemos à brilhante década de 80, quando o Flamengo entrava em qualquer competição para buscar o título. Mesmo que esse não viesse, o clube sempre jogava com condição e vontade de obter a conquista. Passado o ano de 1992 (que já não foi tão brilhante) o Flamengo tem vivido a coadjuvar dentro do maior campeonato do país. O até então maior vencedor do torneio (e primeiro Pentacampeão) alternou disputas contra o rebaixamento e campanhas medíocres, passando seus últimos 15 anos vivendo de primeiro semestre, com títulos estaduais e uma Copa do Brasil.

Vivemos o segundo semestre de cada ano com uma decepção atrás de outra (exceto a Copa Mercosul de 1999 e alguns pequenos torneios, como a Copa dos Campeões de 2001, não capazes de suprir a necessidade da conquista do maior título nacional). Dos 15 últimos Campeonatos Brasileiros, o Flamengo apenas conseguiu posições razoáveis em 1997 (ofuscada pelo título de nosso maior rival) e no último ano, quando nos recuperamos de uma campanha pífia e conseguimos uma terceira colocação.

A torcida do Flamengo e sua instituição conquistaram uma grandeza inigualável (até hoje) por todas as suas conquistas e glórias, algo hoje não tão constante. Esperamos sempre dos jogadores, que vestem o Manto Sagrado, honra e dedicação, mas não apenas isso. Exigimos, também, um trabalho digno por todos aqueles que estão além das quatro linhas. Comissões técnicas, diretorias e até mesmo dos torcedores.

Jogadores com salários astronômicos não justificam o que recebem ao entrar em campo sem foco total, sem determinação e empenho necessário, como ocorrido no recente desastre contra o América do México. Acreditamos que muitos desses jogadores não têm a menor noção do que ele está representando ao jogar pelo Maior do Mundo, não sabem a dedicação de cada torcedor e seu esforço para apoiar e ver o clube do seu coração.

Isso serve também para a Diretoria e comissão técnica. Simples coisas, como os milhares de papéis picados arremessados da arquibancada para recepcionar os nossos jogadores na final do estadual, demandaram, além do valor financeiro, um sábado inteiro de centenas de apaixonados, que em suas rotinas, abrem mão de família, trabalho e outros mil compromissos para se dedicar ao Flamengo. Esse é apenas um pequeno caso de dedicação de uma minúscula fração de rubro-negros. Nós vivemos Flamengo, respiramos Flamengo!

De fato o Flamengo é a nossa vida. E se fazemos tudo por ele, o que exigimos é apenas dedicação e respeito. A grandeza do clube nos priva de sermos apenas participantes de qualquer competição. Temos sempre que entrar para lutar pelo título. E hoje nós estamos há exatos 15 campeonatos brasileiros sem conquistas, algo totalmente inaceitável.

Quando estendemos a faixa “O BRASILEIRO É OBRIGAÇÃO” queremos demonstrar nossa insatisfação ao longo desses 15 campeonatos. Estamos tentando deixar claro (pra quem ainda “não sabe”) a grandeza do clube e que de fato temos sempre obrigação de conquistar o Brasileiro, mesmo que isso não ocorra todo ano.

O que não podemos é ficar calados e aceitar essa situação. Temos o direito, e mais ainda a obrigação de cobrar, pela história do clube, o título nacional. Com a faixa queremos, também, alertar que estamos de olho no clube, que o time deve entrar sempre focado para cada partida como se fosse a final do campeonato, pois assim se joga pontos corridos.

Buscamos esclarecer que se tratando de Flamengo é sempre uma obrigação conquistar títulos, e nesse momento o Brasileirão é a prioridade. Sabemos que essa pressão pode incomodar alguns jogadores, mas todos têm que saber que estar no Flamengo é estar sujeito a maior das glórias e, também, das desgraças. Àqueles que não estão preparados para tal: é melhor largar o barco agora!

Mas, ao contrário do que muitos pensam, estaremos sempre apoiando o time durante os 90 minutos. A faixa estará presente até a conquista do campeonato. Mesmo que ela demore mais 15 anos. A faixa estará lá! Porém, na arquibancada, enquanto a bola rola, cantaremos sempre apoiando o time, como sempre fazemos. Somos contra vaias e qualquer canto que não de incentivo ao nosso Flamengo.

Faremos nossa parte e queremos que os jogadores façam as deles. Aprendemos com a derrota na Libertadores, mas, de uma vez por todas, não foi esse o motivo da criação da faixa. Talvez se ganhássemos a Libertadores nós teríamos sidos mais tolerantes, mas essa conquista está engasgada há mais de uma década e chegou a hora de gritarmos: Hexacampeão!

Um comentário:

Guilherme Louro disse...

tamos juntos sempre!!!