A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Glorioso depena o Galo

André Luis, Wellington Paulista e Túlio agradecem a torcida.

Torcedores do Glorioso,

Mais uma vez o Botafogo chega na semifinal da Copa do Brasil, nosso freguês há sete anos não vai ter do que reclamar desta vez, Botafogo ganhou na raça e agora decide com o Corinthians, para saber quem vai para a final. Zé Carlos e Alessandro marcaram para o Botafogo na vitória por 2 a 0 do glorioso.

O Atlético, que precisava do resultado, foi para cima do Botafogo, e logo com cinco minutos, Almir recebeu na área e bateu para a bola passar perto da trave de Renan. O galo continuava melhor, mas a falta de pontaria, do time que empatou com os juniroes do Fluminense, os impedia de marcar.

O Botafogo teve uma grande chance aos 27 minutos, Lúcio "Maestro" Flávio levantou bola na área e o zagueiro Vinícius jogou contra o próprio patrimônio exigindo excelente defesa de Juninho. A primeira etapa ficou mesmo no 0 a 0.

A segunda etapa foi completamente diferente, a postura do alvinegro mudou para o jogo, o resultado não era bom pra o Botafogo, tudo se encaminhava para a disputa de pênaltis. Com nove minutos o Botafogo marcou, Lúcio Flávio cobrou escanteio e Zé Carlos cabeceou para o gol. A bola ainda deu um leve toque no bico da chuteira de Wellington Paulista, porém, gol na conta do Zé. Botafogo 1 a 0.

Quase que em resposta ao gol, o técnico Geninho colocou o atacante Vanderlei em campo, quem saiu foi Almir, o ex-atleta do Botafogo ainda recordou sua passagem pelo glorioso com os gritos vindos da arquibancada: "Ei, Almir, pede pra sair." Porém, a entrada de Vanderlei de nada adiantou, só fez número. Mais um a perder para o Botafogo.

No meio-campo, Diguinho dava o tom do jogo alvinegro, o volante deu um "chapéu" em Petkovic. "Chapéu" daqueles que quando ele encerrar a carreira, vai contar para os netos. O Botafogo continuava a jogar bem, mas não sei o motivo que Cuca vê em recuar o time, pois bem, o esforçado Édson substituiu Zé Carlos.

Num piscar de olhos, o jogo já passava dos 43, então era hora de poupar os jogadores para o próximo jogo, Wellington Paulista saiu e o alvinegro de coração, Alexsandro, entrou. Mais algum tempinho de sofrimento para o torcedor do Botafogo, até Alessandro fechar a conta. Túlio cruzou, Alexsandro deixou passar e Alessandro pegou de primeira. Botafogo 2 a 0.

Fim de papo no mais moderno do Brasil e o galo fica pelo caminho mais uma vez. O jogo de hoje teve a presença do cachorrinho Perivaldo, mais um amuleto do Botafogo.

Que venha o Corinthians !

BOTAFOGO 2 x 0 ATLÉTICO-MG

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 14/5/2008 - 21h50min (de Brasília)
Árbitro: Evandro Rogério Roman
Auxiliares: Milton Otaviano dos Santos (RN) e Alessando Alvaro Rocha de Matos (BA)
Renda/público: R$ 255.075 / 17.985 pagantes
Cartões amarelos: Renato Silva, Diguinho e Zé Carlos (BOT); Marcos, Petkovic e Thiago Feltri (ATL)
GOLS: Zé Carlos, (9/1ºT) (1-0) e Alessandro, (47/2ºT) (2-0)

BOTAFOGO: Renan, Renato Silva, Andre Luis e Leandro Guerreiro; Alessandro, Diguinho, Túlio, Lucio Flavio (Túlio Souza, 46/2ºT) e Zé Carlos (Édson, 37/2ºT); Jorge Henrique e Wellington Paulista (Alexsandro, 43/2ºT). Téc: Cuca.

ATLÉTICO-MG: Juninho, Coelho, Marcos, Vinícius e Thiago Feltri; Rafael Miranda, Márcio Araújo, Almir (Vanderlei, 15/2ºT) e Petkovic; Danilinho e Marques (Renan Oliveira, 36/2ºT). Téc: Geninho.

Nenhum comentário: