A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008

Ressaca e classificação

Botafogo se classifica para as semifinais da Taça Guanabara após empate
Foto: Lancepress



Torcedores do glorioso,

Depois de curtir o Carnaval com 100 % de aproveitamento, o Botafogo jogou na quarta-feira de cinzas de time poupado. A desorganização dos suplentes alvinegros foi evidente e o time teve dificuldades na criação de jogadas.

Logo com 14 minutos o fogão saiu atrás no placar, falta cobrada pelo lado direito, o goleiro Renan saiu mal e Fabinho só escorou de cabeça. Cabofriense 1 a 0.

Já classificado, devido ao empate entre Mesquita e Madureira, o glorioso ainda sofria na marcação do adversário e era pressionado no contra-ataque. Os laterais Triguinho e Alessandro não estavam conseguindo atuar, a torcida começou a ficar chateada com o time e pediu a entrada de Escalada.

Na volta do intervalo Cuca ouviu os alvinegros e promoveu a entrada do artilheiro argentino, junto com ele entrou o maestro Lúcio Flávio. Com a entrada do capitão o Botafogo ganhou mais velocidade e passou a chegar com perigo.

Renato Silva acertou o travessão de Gatti e na sobra Escalada chutou por cima. Com ritmo de líder o Botafogo criou a jogada do empate, Triguinho invadiu a área e foi derrubado, pênalti, para coroar a boa atuação, Lúcio Flávio bateu com categoria e empatou o jogo para o glorioso.

Poucos minutos depois, Renato Silva subiu no meio da defesa e cabeceou preciso para Gatti(aquele mesmo que parou o Botafogo na Taça Rio do ano passado) pegar bem e no rebote ele defendeu novamente.

No final do jogo, o goleirão da Cabofriense enganou o árbitro ao sair do gol e tocar a bola com a mão, fora da área, dando a nítida impressão de que o toque foi com a cabeça.

Mesmo com o empate, diante de um Engenhão vazio, o Botafogo garantiu classificação as semi-finais da taça GB e a liderança do grupo B.


BOTAFOGO 1 x 1 CABOFRIENSE

Gols: Fabinho (14m/1º) e Lucio Flavio (33m/2º).
Cartões amarelos: Alessandro (Botafogo); Marcos Marins, Têti, Douglas Assis, Márcio (Cabofriense)
Cartão vermelho: Marcos Marins (Cabofriense)
Árbitro: Marcelo de Souza Pinto (RJ)
Auxiliares: Ricardo Maurício de Almeida (RJ) e Lilian Bruno (RJ)
Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 3.140 pagantes
Renda: R$ 55.000,00

BOTAFOGO: Renan, Renato Silva, Édson, Eduardo (Marcelinho), Alessandro, Róbston (Escalada), Túlio, Adriano Felício, Abedi (Lúcio Flávio), Triguinho e Fábio. Téc: Cuca

CABOFRIENSE: Gatti, Leandro Amaro, Douglas Assis, Mirita (Oziel), Tenório, Márcio, Marcos Marins, Têti (Lucas Chiaretti), Vanderson, Fabinho e Wesley (Maicon). Téc: Aílton Ferraz

Nenhum comentário: