A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 10 de fevereiro de 2008

Botafogo perde invencibilidade

Lúcio Flávio empata de pênalti, mais uma vez o maestro foi o melhor do Botafogo.
Foto: globo.com



Torcedores do glorioso,

Não reconheci o Botafogo no jogo de hoje.

Estava acostumado a ver os toques de Lúcio Flávio no meio campo, as finalizações precisas de Jorge Henrique e o futebol envolvente que fez o time ser conhecido como "Carrosel Alvinegro" em tão pouco tempo.

Mal o jogo começou e os reservas levavam o primeiro gol, China driblou Triguinho e cruzou para Amaral escorar para as redes. Mais uma vez uma falha da defesa faz o fogão levar um gol em tão pouco tempo. Os "meninos" da categoria de base do glorioso não se encontravam em campo, Wellington Júnior foi o único que mostrou trabalho, ele cavou três faltas na entrada da área, numa delas, Zé Carlos chutou forte e parte da torcida comemorou gol, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora.

Aos 16 minutos o Botafogo sofreu pênalti, Fábio chutou forte e Paulo César cortou com a mão, pelo terceiro jogo seguido, Lúcio Flávio cobrou no canto e empatou o jogo. E quando o time ganhou ânimo com o gol, sofreu mais um, Éverton cobrou falta de longa distância e fez um golaço para o Madureira, o gol 100 da história do Engenhão. Assim terminou o primeiro tempo.

Na segunda etapa o Botafogo chegou com todo o gás, mostrando que queria espantar a "zebra", com apenas 3 minutos, Wellington Paulista acertou a trave depois de uma cabeçada. O Fogão pressionava o tricolor suburbano de todas as formas, mas parava nas defesas do excelente goleiro Renan.

Abedi, apagado no jogo, deu lugar ao argentino Escalada que com dois minutos em campo, arrematou por cima da meta do Madureira. Ainda buscando o gol, foi a vez de Fábio assustar Renan, o atacante invadiu a área, mas chutou a bola no meio do gol, para fácil defesa do goleiro.

Depois de mais duas chegadas de Escalada e uma de Eduardo, o Botafogo não teve mais forças e acabou derrotado no Engenhão.

BOTAFOGO 1 x 2 MADUREIRA

Gols: Amaral, aos 4, Lucio Flavio, aos 18, Everton, aos 30 minutos do primeiro tempo
Cartões amarelos: Eduardo, Triguinho, Wellington Paulista (Botafogo), Paulo César, Amaral, Renan (Madureira)
Árbitro: Agnaldo Xavier Farias (RJ) / Auxiliares: Jorge Luiz Roque (RJ) e Beival do Nascimento Souza (RJ)
Data: 10/02/2008 - Estádio: Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)
Público: 3.560 pagantes / Renda: R$ 64.260,00

BOTAFOGO: Castillo, Róbston (Índio), Édson, Triguinho, Abedi (Escalada), Eduardo, Wellington Júnior (Jougle), Lúcio Flávio, Zé Carlos, Wellington Paulista e Fábio. Téc. Cuca.

MADUREIRA: Renan, Paulo César, Odvan, Marcílio, China, Felipe Alves (Wágner), Doriva (Paulo Vitor), Amaral, Éverton (Amarildo), Muriqui e Derley. Téc. Carlos Tozzi.

Nenhum comentário: