A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

domingo, 17 de fevereiro de 2008

O MELHOR ATAQUE, É A DEFESA

Fábio Luciano comanda a virada do Flamengo
Foto: André Durão - Globoesporte.com

Torcedores do Mais Querido do Brasil,

A história se repete. O Vasco carrega consigo a sina de não vencer o Flamengo em finais de campeonato, porém a nova década transformou um pouco essa escrita, já que as semifinais também são vencidas pelo Mais Querido do Brasil.

Em um jogo eletrizante, o Mengão venceu o clube da Colina de virada por 2 a 1 (Fábio Luciano e Ronaldo Angelim), garantindo vaga na final da Taça Guanabara e mostrando que quando o próprio ataque não funciona, os homens de defesa estão ali para ajudar e incendiar a torcida rubro-negra que fez a festa no Maracanã, na dancinha do "Creu".

O Vasco apostava no experiente Edmundo, e na juventude de Alan Kardec para superar os diversos desfalques de última hora e o Flamengo teve apenas uma baixa, com Toró, que não se recuperou de uma lesão muscular.

O Flamengo demostrava maior vontade pela vitória, e pressionava o Vasco principalmente pelas investidas dos meias que trocavam passes facilmente . Aos 20 minutos, Jaílton lançou Diego Tardelli, que ajeitou no peito e chutou na saída de Tiago. O goleiro vascaíno salvou e mandou a bola para escanteio. Na sequência, Diego Tardelli cruzou da direita, Souza raspou de cabeça e a bola bateu caprichosamente no pé da trave direita.

A pressão era rubro-negra e o time cruzmaltino só se arriscava nos contra-ataques. Em um deles, aos 24 minutos, na primeira boa chance do Vasco, Alan Kardec recebeu na área mas se atrapalhou na hora de ajeitar no peito. O atacante rolou para Calisto, que chutou cruzado. A bola atravessou toda pequena área, mas ninguém do Vasco alcançou.

Até então, Edmundo bem marcado, pouco aparecia e tratou de descontar sua ira em Fábio Luciano. O Animal disputou bola com o Xerifão,e desequilibrado, Fábio Luciano caiu. O atacante vascaíno chutou o braço do zagueiro rubro-negro propositadamente ao contrário da opinião do "acidentado": ''Achei que tinha quebrado (o braço), porque na hora deu um estalo. Acho que foi sem querer, porque o Edmundo chutou quando o meu braço estava apoiado. Vou levar como sem querer'', afirmou a Tv Globo. Uma cena forte, entretanto para a nossa sorte o jogador retornou ao campo.

Aos 28', após escanteio da esquerda, Bruno saiu mal do gol e errou o soco. A bola bateu no peito de Edmundo, sozinho na pequena área, e a zaga do Flamengo conseguiu salvar. Três minutos depois, saiu o primeiro gol do "Clássico dos Milhões". Edmundo iniciou a jogada no campo de defesa com um ótimo passe para Amaral. O meia lançou na meia-lua para Alan Kardec, que ajeitou e deu um belo chute no canto esquerdo de Bruno. Vasco 1 a 0.

Após o gol, o Flamengo ficou um pouco atordoado assim como a torcida nas arquibancadas. Porém o primeiro tempo não estava terminado e aos 41 minutos, cobrando falta à direita da área, Juan cruzou para Fábio Luciano, livre na pequena área, empatar de cabeça.

No segundo tempo, a entrada de Marcinho no lugar do mais uma vez apagado, Diego Tardelli, deu uma nova cara ao time. Aos quatro minutos, contudo, Morais entrou na área pela esquerda e foi derrubado por Ibson, pênalti. O "carrasco",Edmundo, cobrou rasteiro e consagrou Bruno.

Depois do pênalti desperdiçado pelo Vasco, o Flamengo cresceu na partida e dominou até o fim. O gol da virada poderia ter saído na cabeçada de Souza, no chute forte de Kléberson ou de Ibson, mas o destino reservava uma tarde em que a defesa seria o ataque rubro-negro. Aos 34 minutos, Leonardo Moura cruzou da direita e Ronaldo Angelim cabeceou sozinho, da marca do pênalti. A bola ainda bate na trave esquerda antes de entrar. Fla 2 a 1.

Nos poucos minutos restantes, o Mengão parava o jogo nas faltas e o Vasco tentava empatar nos chuveirinhos e na cobrança do goleiro Tiago, que se apresentou para cobrar, mas Bruno defendeu sem muitos problemas.

Aos 46', a chance de fechar o caixão cruzmaltino foi desperdiçado por Cristian, que entrou no decorrer da partida, chutando em cima do Rogério Ceni, ou melhor, Tiago.

No final do jogo, os jogadores do Fla dançaram o creu, com exceção de Ronaldo Angelim, que não gosta dessas provocações. E agora, quem dançará o creu por último. Será o Botafogo ou o Flamengo? Vai dar Flamengo, pode apostar! Rumo ao bicampeonato estadual!

Obina, Jailton, Cristian, Ibson e Souza dançam o Creeeeeu
Foto: Globo.com

VASCO 1 x 2 FLAMENGO

Flamengo: Bruno (9.0), Leo Moura (8.0), Fábio Luciano (9.5), Ronaldo Angelim (9.0), Juan (7.5), Jaílton (7.5), Jônatas (7.0), (Cristian - 6.5), Ibson (7.0), Kléberson (7.0), (Obina - 6.0), Souza (6.5), Diego Tardelli (6.0), (Marcinho - 7.0). Técnico: Joel Santana (8.5)

Vasco: Tiago, Rodrigo Antônio, Jorge Luiz, Vílson, Calisto, Jonílson, Amaral, (Andrade), Morais, Alex Teixeira, (Xavier), Edmundo, Alan Kardec, (Abuda).Técnico: Alfredo Sampaio

Cartões amarelos: Morais, Edmundo, Rodrigo Antônio (Vasco); Souza, Jônatas (Flamengo)
Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca (RJ)
Auxiliares: Marco Aurélio dos Santos (RJ) Pessanha e Orlando Hortêncio(RJ)
Data: 17/02/2008
Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro(RJ)
Público: 56.806 pagantes
Renda: R$ 1.141.995,50

VídeoBlog

Relembre a semifinal da Taça Guanabara de 2007 - A história no fim é a mesma!!



Nenhum comentário: