A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quinta-feira, 2 de outubro de 2008

CTRL + ALT + DEL no América de Cali

Em grande fase, Calos Alberto deixou sua marca
Foto: Agência o globo

Torcedores do Glorioso,

Quanta diferença! O Botafogo recebeu os colombianos do América de Cali no Engenhão e nem tomou conhecimento, nem me fez lembrar daquele "outro" Botafogo de dias atrás, só os jogadores eram os mesmos, pois o futebol foi digno de uma competição internacional. O Glorioso venceu por 3 a 1, com dois de Wellington Paulista (que volte a fase boa) e um golaço de Carlos Alberto. Vélez diminuiu para os visitantes. O Bota aguarda o vencedor de Arsenal de Sarandí e Estudiantes, ambos da Argentina, na próxima fase da competição.

O jogo começou morno, o Botafogo sabia da responsabilidade que tinha e partiu para cima logo nos primeiros minutos. A forte marcação do América dificultava as investidas do glorioso que caia quase sempre pelo lado direito nas tentativas com Alessandro e Lúcio Flávio. Lá na defesa a dupla Renato Silva e André Luís só tinham trabalho de dar chutão para frente.

O nervosismo já era evidente, já passavam dos 20 minutos e o placar ainda estava em branco e o Botafogo, que não é um time de chutar bolas de fora da área, acabou fazendo desta sua principal arma devido a dificuldade de superar a marcação. Aos 32 o Bota conseguiu o primeiro, Diguinho ganhou na raça de quatro jogadores adversários, esperou o momento certo e colocou na medida para Wellington Paulista, o camisa 9 bateu de pé esquerdo, a bola pegou no joelho direito e tomou o rumo da meta de Berbia. 1 a 0 Glorioso.

Mesmo ainda estando melhor no jogo, o Botafogo não demonstrava a gana de marcar como nos 30 minutos iniciais e ainda levou um susto. Aos 46 minutos o América de Cali fez uma troca de passes envolvente, a bola ficou limpa para o artilheiro Cortés que colocou a redonda lá na estação de metrô. O primeiro tempo terminou com o Bota em vantagem.

Veio o segundo tempo e Ney Franco deixou todo o time que saiu vitorioso na primeira etapa em campo. E o fogão nem demorou a fazer o primeiro, aos cinco minutos, Jorge Henrique tabelou de cabeça com Wellington Paulista e fez o passe para Carlos Alberto acertar uma bicicleta no cantinho, sem chances para Berbia. Na comemoração o camisa 19 imitou Usain Bolt, o homem mais rápido do mundo. Era tudo que o Botafogo queria, uma vantagem "segura". 2 a 0.

Pela primeira vez nos dois confrontos, o Bota tinha o resultado favorável em termos de classificação e mesmo assim mostrou raça para construir a jogada do terceiro gol. Alessandro ganhou espaço e cruzou para Wellington Paulisa escorar de direita e sair para comemrar aos 11 minutos. Botafogo 3 a 0.

A situação ficou complicada para o América que tinha que tentar jogar "água no chopp" da equipe de General Severiano com mais dois gols. E a reação não demorou muito, quando Ney Franco preparava-se para colocar Fábio em lugar de Wellington Paulista que estava sendo caçado em campo, o lateral Vélez entrou na área driblando a defesa do Botafogo e bateu preciso na saída de Castillo. 3 a 1.

A torcida que gerava um frisson no estádio começou a temer pela primeira vez a classificação e esse sentimento ficou ainda mais forte quando Cortés colocou a bola no cantinho e Castillo com a ponta dos dedos segurou o resultado. Logo depois Jorge Henrique acertou o travessão e chamou a torcida de volta ao jogo. O América ainda teve oportunidades claras de marcar e esses foram os 10 mais longos minutos da história do Botafogo, mas quando o juíz apitou o término do jogo a alegria tomou conta do Engenhão.

BOTAFOGO 3 X 1 AMÉRICA DE CÁLI (COL)

Estádio: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 01/10/2008 - 22h (de Brasília)
Árbitro: Carlos Chandía (CHI)
Auxiliares: Lorenzo Acuña (CHI) e Sergio Román (CHI)
Renda/público: R$ 48.737,00 / 10.864 pagantes
Cartões amarelos: Wellington Paulista e André Luís (BOT)
GOLS: Wellington Paulista, 32'/1ºT (1-0); Carlos Alberto, 5'/2ºT (2-0); Wellington Paulista, 11'/2ºT (3-0); Vélez, 31'/2ºT (3-1)
BOTAFOGO: Castillo, Alessandro, Renato Silva, Andre Luis e Triguinho (Zé Carlos, 36'/2ºT); Diguinho (Leandro Guerreiro, 45'/2ºT), Túlio, Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Fábio, 39'/2ºT) - Técnico: Ney Franco

AMÉRICA DE CÁLI: Berbia; Vélez, Valdés, Tavima e Armero; Valencia, Córdoba, Otálvaro (Arango, 36'/2ºT) e Cortés; Parra (Moreno, 28'/2ºT) e Ramos - Técnico: Diego Umaña

MANDARAM BEM: Carlos Alberto, Wellington Paulista, Diguinho e Castillo
MANDARAM MAL: Triguinho e Fábio

VIDEOBLOG - Melhores Momentos e declaração de Ney Franco

3 comentários:

Saulo Milleri Biral disse...

O Carlos Alberto está em boa fase no Botafogo e tomara que continue jogando assim. Foi um gol sensacional que ele fez. O Botafogo precisa muito de jogadores como ele.

Vinícius Barros disse...

Botafoguenses... agradeçam a mim!rsrsrs! É brincadeira!!!

Entendam no blog: blogdojoaoninguem.blogspot.com

Ricardo, por acaso, notei que o link está escrito desta maneira: blog do joo-ningum... quem é esse? rs!

Abs!

Sobre o Futebol Carioca disse...

o botafogo jogou mutio bem.
está de parabens