A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Bota perde e Libertadores vira sonho

Confusão após gol legal anulado pela arbitragem
Foto: Alexandre Cassino
Torcedores do Glorioso,

Com diversos problemas no meio-campo, o Botafogo recebeu o São Paulo no Engenhão em busca da vitória para manter-se vivo na busca de uma vaga na Libertadores. O adversário vinha de 11 jogos de invencibilidade, enquanto o glorioso com salários atrasados tinha cumprido a obrigação de vencer o lanterna por 3 a 0, o que acabou renovando o ânimo em General Severiano. Com gols de Jean e Hernanes, o tricolor paulista levou a melhor vencendo por 2 a 1, Wellington Paulista fez o gol do Fogão que segue com 49 pontos cada vez mais conformado com a vaga para Sul-Americana.

A partida começou com pressão total dos vizitantes, com um minuto Jorge Wágner cobrou escanteio fechado exigindo defesa de Renan. Aos nove minutos, Hernanes bateu cruzado e Hugo conseguiu um toque pela linha de fundo. O São Paulo seguia melhor no jogo e aos 18 minutos Renan salvou o Botafogo em chute de Jorge Wágener. Somente aos 20 minutos, quando o sentimento de que um empate era lucro para o Bota, o time carioca finalmente chegou. Zé Carlos aproveitou cruzamente e bateu bonito de pé esquerdo, a bola desviou na zaga e foi para fora, mas o árbitro deu tiro de meta.

Sentindo que tinha de patir para cima, o alvinegro limitou-se a chutes de fora da área e jogadas ensaiadas e exatamente nesse ponto Lúcio Flávio fez falta, não havia, por exemplo, boas cobranças de escanteio, o que é especialidade do maestro. Com um lance de Jorge Henrique que a defesa do São Paulo cortou, acabou o primeiro tempo.

Logo no começo do segundo tempo, o técnico Ney Franco desfez o esquema com três zagueiro e colocou Luciano Almeida para saída de Édson, ao mesmo tempo Zé Carlos deu lugar ao atacante Fábio. Aos 16 minutos, quando tudo parecia controlado na defesa do Botafogo, Renan jogou a bola nos pés de Jean, o jogador do São Paulo dominou e tocou bonito por cobertura fazendo o primeiro no Engenhão.

No primeiro lance de perigo do Botafogo após levar o gol, aos 24 minutos, saiu o empate. Jorge Henrique ganhou na vontade, a defesa cortou e Wellington Paulista deu um toque no canto de Rogério Ceni que se encontrava no meio da área. O fogão se animou com o jogo e quatro minutos depois André Luís cobrou falta com muito perigo, mas a bola ficou na barreira e na tentativa de atrasar, Diguinho complicou tudo e deu o contra-ataque para Dagoberto partir em velocidade e achar Hernanes na entrada, o meia se complicou, depois fez um lance bonito e chutou preciso colocando o tricolor em vantagem.

O que não teve no primeiro tempo, teve no segundo. Bola na rede. André Luís tentou o chute e pegou mal na bola, e ela ficou livre para Lucas Silva chutar e superar Rogério Ceni, porém o auxiliar viu impedimento de Wellington Paulista que sequer tocou na bola, é melhor começar a observar melhor esses auxiliares, estão acontecendo muitos erros e normalmente em favor de certas equipes. Esse foi o estopim para Bebeto de Freitas ir até a beira do gramado reclamar da arbitragem. Já defendi muito o Bebeto aqui, mas desta vez ele errou.

Sem forças extras, o glorioso acabou saindo derrota pela quarta vez em seu estádio, sendo três derrotas para paulistas (Portuguesa, Santos e São Paulo). Na próxima rodada o adversário é o Atlético-MG, no Mineirão. Espero que possamos ter mais sorte nas finalizações e com a arbitragem.

E não vamos vir com essa de comentários que o passado do time ainda trás alegrias, que o presente fraco e pensar inclusive em trocar de time. Se você é botafoguense e pensa em trocar de time, troque, o Botafogo não precisa de você que não tem personalidade, EU TENHO ORGULHO DO BOTAFOGO. Os jogadores estão com 2 meses de salários atrasados e mesmo assim estão batalhando em campo. Parabéns a todos os jogadores, não é qualquer um que faz isso, mostram que estão honrando a camisa alvinegra e entendendo o momento de dificuldade.

BOTAFOGO 1 x 2 SÃO PAULO

Estádio: Engenhão
Data: 29/10/2008
Árbitro: Sérgio da Silva Carvalho (DF)
Auxiliares: Altemir Hausmann (Fifa/RS) e Renato Miguel Vieira (DF)
Público: 12.356 pagantes / Renda: R$ 92.023
Cartões amarelos: Diguinho, Alessandro e Renato Silva (Botafogo); Hugo, Rodrigo e André Dias (São Paulo)
Gols: Jean, aos 16, e Wellington Paulista, aos 21, e Hernanes, aos 29 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: Renan, Renato Silva, Andre Luis e Edson (Luciano Almeida); Alessandro, Leandro Guerreiro, Túlio (Lucas Silva), Diguinho e Zé Carlos (Fábio); Jorge Henrique e Wellington Paulista. Téc: Ney Franco.

SÃO PAULO: Rogério Ceni, André Dias, Miranda e Rodrigo; Jancarlos, Jean, Hernanes, Hugo (Anderson) e Jorge Wagner; Dagoberto (Bruno) e Borges (André Lima). Téc: Muricy Ramalho.

5 comentários:

Saulo disse...

A libertadores já acabou de vez. Os dois times jogaram iguais e o São Paulo fez os gols numa falha de Diguinho e Renan. O Botafogo podia até sair com um empate num gol mal anulado. Com essa vitória do tricolor paulista, o campeonato ficou muito mais equilibrado e emocionante.

Aldevan Junior disse...

SÓ ACRESCENTO UM TERMO AO SEU TÍTULO:
"Bota perde e Libertadores vira sonho, graças a um erro de arbitragem".

ABRAÇO!

Warley Morbeck disse...

Bom dia

Hoje é um dia especial para nosso Blog. Hoje completamos 500.000 page views. Agradeço a todos os amigos que nos ajudaram e a todos os que ajudam a fazer a blogosfera e torná-la algo real, confiável e, principalmente, divertido.

Obrigado a todos. Visite o post comemorativo

http://flamengoeternamente.blogspot.com/2008/10/500000-page-views.html

Obrigado a todos

Warley Morbeck

Sobre o Futebol Carioca disse...

agora o botafogo é a vaga da
sul-americana

Vinícius Barros disse...

Correção: "Bota perde e Libertadores vira sonho... pra 2010"

Saudações Alvinegras!