A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

segunda-feira, 1 de setembro de 2008

EM RESTAURAÇÃO

Marcelinho com seu mais novo estilo rubro-negro paraibano
Foto: Jorge William - O Globo

Torcedores do Mais Querido do Brasil!

O Maracanã foi palco de um novo capítulo a respeito do Fla-Flu. O Flamengo vive um momento de restauração em seu elenco, mas que já provou ter no mínimo uma grande esperança: Éverton. Num duelo que marcava a sua estréia, ele surpreedeu à todos, menos ao técnico Caio Júnior, que o considera uma jóia rara no futebol brasileiro. O menino não se intimidou com a casa cheia e com o adversário, tratando de organizar e chamar a responsabilidade para si desde o apito inicial de partida. Ibson e Airton fizeram falta ao time. O primeiro tem categoria de sobra mesmo não estando em uma grande fase e o segundo, com certeza, será o titular da posição que é até então do "açougueiro" Jaílton (como pode um "jogador" desses ser titular do maior clube do mundo!?).

Marcelinho Paraíba com o seu novo visual "fashion" desencantou no quesito gol, pois no conjunto da obra, o nordestino ainda está devendo uma atuação convincente digna de aplausos. Os laterais estavam em grande noite. Constantemente apoiavam o ataque, com subidas rápidas. Kléberson mesmo com uma apresentação aquém de um pentacampeão mundial foi premiado com a glória do gol de empate nos minutos finais de partida. Eletrizante o clássico.

Sambueza parece ter estrela, foi dele o cruzamento certeiro na cabeça de Kéberson para o gol. O destaque negativo fica por conta do melhor goleiro do Brasil: Bruno. Em duas partidas seguidas, o goleiro rubro-negro falhou. Contra o Internacional, uma furada, e contra o Fluminense, um golpe de vista completamente errado. Irei o redimir do primeiro gol do argentino Conca na partida de ontem, pois aquele petardo foi dificílimo para defender. Mesmo assim, com suas falhas, Bruno tem créditos com a torcida, mas que não podem se repetir constantemente, pois dessa forma fica complicado para qualquer equipe que domina o jogo durante os noventa minutos.

O Fluminense teve sorte e em duas oportunidades conseguiu marcar os gols, no mais, o esquema articulado pelo técnico Cuca foi de extrema covardia, atuando em uma retranca, explorando apenas os contra-ataques. O Mengão teve chances de vencer com tranquilidade, mas a pontaria principalmente do xodó Obina prejudicaram a vitória.

Um empate injusto, que deixa o Mais Querido do Brasil distante do título, porém que ainda briga por uma vaga no G4 (Libertadores).

VIDEOBLOG - OS GOLS

Nenhum comentário: