A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

sábado, 21 de junho de 2008

Síndrome de seleção brasileira

Torcedores do Glorioso,

Após a derrota da seleção brasileira para o Paraguai nas eliminatórias, o cantor Agnaldo Timóteo, botafoguense, concluíu que o time do Botafogo era melhor que a seleção, ou estava em melhor fase. Concordei com ele no mesmo instante, mas agora volto atrás, não porque perdemos para a Lusa, mas porque esse time está indo de mal a pior.

A primeira vista, o problema era o técnico, também pensava assim, tanto que apoiei a saída do Cuca, começo a mudar meu pensamento a medida que vejo o Botafogo não se encontrar em campo. Dominamos o jogo todo contra a Portuguesa, mas nem um gol fizemos (tá na hora de acabar o jejum Wellington Paulista), contra o Inter, pressão em todo o segundo tempo e o gol só saiu no final.

Vejo um time que não se encontra, já deu tempo do Geninho arrumar da sua maneira, e se a maneira dele é essa, é melhor arrumar as malas, o fogão vive de resultados positivos. Não me incomodei em ver, mais ma vez, o Engenhão vazio, esse é o público que o time merece, se quiserem apoio, terão que mostrar garra em campo.

O gol da Lusa foi do Edno, aos 12 do primeiro tempo, não fiz questão de ver, mas de acordo com os comentáristas no rádio, foi uma indecisão do Castillo que resultou o gol. Vou ficar devendo a opinião desse lance.

Em protesto não colocarei fotos e nem falarei sobre o jogo, vou colocar apenas a súmula.

Saudações Alvinegras.

BOTAFOGO 0 X 1 PORTUGUESA

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 20/6/2008 - 18h20min (de Brasília)
Árbitro: Jailson Macedo Freitas (BA)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Antonio Carlos de Oliveira (ES)
Renda e Público: R$ 50.570,00 / 5.230 pagantes
Cartões Amarelos: Jorge Henrique, Ferrero, Leandro Guerreiro e Carlos Alberto (BOT); Edno, Preto, Bruno Rodrigo e Carlos Alberto (POR)
Cartões Vermelhos: -
Gols: Edno 12'/1ºT (0-1)

BOTAFOGO: Castillo, Alessandro, Renato Silva, Ferrero e Triguinho (Luciano Almeida 30'/2ºT); Leandro Guerreiro, Túlio (Vanderlei 22'/2ºT), Lucio Flavio e Carlos Alberto; Jorge Henrique e Wellington Paulista (Fábio 30'/2ºT) - Téc: Geninho.

PORTUGUESA: André Luis, Patrício, Bruno Rodrigo, Halisson e Bruno Recife; Dias (Erick 38'/2ºT), Gavilán, Edno e Preto (Carlos Alberto 20'/2ºT); Diogo e Washington (Rogério 28'/2ºT) - Téc: Vagner Benazzi.

Nenhum comentário: