A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

O ADEUS DO BACALHAU E DO ANIMAL

Edmundo sai desolado do campo de São Januário
Foto: Globoesporte.com

É ruim para o Vasco, péssimo para o futebol carioca. O Vasco sucumbiu diante do Vitória no caldeirão de São Januário e perdeu por 2 a 0, resultado que rebaixou o time da Colina para a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro. A torcida acreditou até o fim, mas não acreditou que isso pudesse acontecer.

Nas arquibancadas estavam ilustres torcedores como Áureo Ameno, Dicró, Marcelinho, jogador de vôlei e o folclórico Pai Santana. Até Eurico Miranda esteve presente. Mas nada foi suficiente para evitar essa dor difícil de ser curada.


Desde o primeiro minuto de jogo, o nervosismo era visível e a falta de qualidade óbvia no elenco vascaíno. O Vitória tocando bem a bola, envolvia o Vasco no contra-ataque, chegando aos poucos. O time cruzmaltino na base da vontade arriscava. Alex Teixeira teve a primeira chance em arremate ao gol, mas Gléguer defendeu com segurança. Aos 22, Mádson arriscou o chute, Edmundo, em impedimento, apareceu na frente do goleiro do clube baiano, que espalmou. A bola sobrou limpa para Matheus balançar as redes, mas o gol foi anulado.

Aos 24, a torcida se calou. Marquinhos deixou Leandro Domingues na cara do gol, que chutou cruzado e marcou. Vitória 1 a 0.

Os resultados não ajudavam em um todo, mas nem o Vasco fazia sua parte. Jogando desorganizado e com uma zaga batendo cabeça, o rubro-negro da Bahia chegava com perigo. Leandro Domingues aos 31, deixou Odvan a ver navios e chutou forte. A bola subiu e foi pela linha de fundo.

O Vasco ainda tentou empatar, mas foi para o vestiário com o resultado negativo. A torcida voltou a apoiar no segundo tempo e o time parece ter ficado comovido. Em menos de dez minutos, o time de São Januário mostrou o que a torcida esperava. Leandro Amaral e Mádson quase marcaram, mas Gléguer salvou. Aos 11, Edmundo ficou na boa para fazer o gol, mas o chute saiu mal. O time continuava a pressionar. Aos 15, Mádson cobrou falta e novamente o goleiro adversário defendeu.

Aos 29 minutos, o gol que sacramentou o rebaixamento. Ricardinho fez boa jogada na área e chutou. Rafael conseguiu tocar na bola, mas Adriano, de carrinho, empurrou para o fundo das redes. 2 a 0.

O gol acabou de vez com as esperanças da torcida que começava a sair do estádio. Os únicos a se salvarem foram Edmundo e Mádson, que foram aplaudidos. Na saída de campo, o Animal não conseguiu se expressar, apenas chorar.

Tudo isso que o Vasco está vivenciando é culpa da má administração antiga e também atual.

Agora, é levantar a cabeça, se planejar e voltar forte em 2010. E as primeiras medidas já estão sendo tomadas. Renato Gaúcho não é mais treinador do Vasco. Ele foi demitido após a derrota e Roberto Dinamite já foi a procura de um novo comandante para a nau vascaína. Esse grupo também será desmanchado, começando com Wagner Diniz e Mádson que vão para São Paulo e Santos, respectivamente. Baiano, Leandro Amaral, Odvan e Bonfim também podem sair.

Entrentanto o maior golpe será com relação ao patrocínio da Eletrobrás. De acordo com a Folha de São Paulo, a Eletrobrás reduziu a oferta para patrocinar o time na próxima temporada. A empresa oferecerá apenas R$ 9 milhões por ano. Caso a equipe fosse mantida na Série A, o Vasco receberia R$ 15 milhões.

VASCO 0 X 2 VITÓRIA

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 7/12/2008 - 17h (de Brasília)
Árbitro: Alício Pena Júnior (Fifa-MG)
Auxiliares: Márcio Eustáquio Santiago (MG) e Helberth Costa Andrade (MG)
Cartões amarelos: Odvan e Madson (VAS); Marcelo Batatais (VIT)

VASCO: Rafael, Wagner Diniz, Jorge Luiz, Odvan e Johnny (Leandro Bomfim, 11'/2ºT); Jonílson, Mateus (Faiolli, 24'/2ºT), Madson e Alex Teixeira; Leandro Amaral e Edmundo. Técnico: Renato Gaúcho.

VITÓRIA: Gléguer, Wallace, Leonardo Silva, Marcelo Batatais e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Willians (Ricardinho, 27'/2ºT) e Jackson (Kleiton Domingues, 40'/2ºT); Leandro Domingues e Marquinhos (Adriano, 22'/2ºT). Técnico: Vágner Mancini.


VIDEOBLOG - RENATO GAÚCHO APÓS O JOGO


TORCEDOR TENTA SE SUICIDAR COM O REBAIXAMENTO

Nenhum comentário: