A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Na pior das dores, a maior das certezas

Poucas dores podem ser maiores do que a sentida por milhões de vascaínos ontem. Pude ser testemunha ocular do pior momento de nossa história e creio que a dor seja apenas comparável à perda de um ente querido. Como depois de adulto, graças a Deus não perdi nenhum, afirmo que ontem vivi o momento mais triste de minha vida. Doeu. Cada finalização errada, cada gol do Vitória, doía como uma facada no peito. A dor de ontem, apenas foi uma consumação do que se desenhou durante todo o Brasileirão. Não queríamos acreditar. Sempre esperávamos que a salvação viesse na próxima rodada. Mas chegou a última e com os demais resultados não ajudando, ainda que vencêssemos, cairíamos.

Após o segundo gol do time baiano, o estádio foi se esvaziando. Nem mesmo o mais otimista dos vascáinos sonharia com a virada e ainda correria o risco de apanhar dos vermes fardados. Fiquei! Sentado, olhava para o campo e as lágrimas desciam. Queria poder sair deste pesadelo, mas vi que era real. Muitos xingavam e alguns poucos vaiavam. A essa hora, nada que fizéssemos mudaria o quadro de tristeza que era desenhado na Colina. Se me fosse dada permissão, entraria em campo, me mataria pelo meu amor, mas a mim e a outros milhares não cabia esse poder.

O relógio não andava e pensava como seria o nosso 2009. Como seria ter essa mancha na nossa magnífica e inigualável história. Chorava como uma criança. Um mix de sentimentos tomava conta de minha alma. A tristeza era profunda, bem como a raiva daqueles muleques que nunca deveriam ter vestido a camisa do Vasco. Nunca exigimos de ninguém que fôssem craques, apenas honra. Mas ontem, a maioria parecia querer honrar apenas os contratos já assinados para o ano que vem.

Em meio a esses dolorosos sentimentos, o maior deles superou. A gente cresce sendo ensinado que o maior dos sentimentos é o amor e que ele tudo supera. Ontem tive a certeza que os mais velhos não diziam isso em vão. Tive a certeza de que esse sentimento chamado Amor é o que sinto pelo Vasco e que ele nunca será abalado. Com a voz embargada pelas lágrimas, cantei o hino do Clube e outras canções de exaltação a esse amor. Um trecho em especial, traduz bem esse amor:

O sentimento não pára, pois todo vascaíno, tem amor infinito, cantarei de coração, Vasco da Gama!

Hoje, todas as manchetes noticiavam e debochavam da nossa frustração. Contra tudo e contra todos, vesti a camisa e ao chegar no trabalho, a coloquei sobre o micro. Todos que entram na sala, me têm por maluco, mas se amar é isso, me chamem de maluco, louco ou o que queiram. Com a ajuda de outros vascaínos, a sala hoje está toda decorada de Vasco. Estamos sim, muito sofridos e abalados, mas com o amor ainda mais forte, pois como acabei de dizer a um colega, é nessa hora, onde todos vão apedrejar nosso amor, é que mostraremos porque carregamos uma Cruz de Malta no peito e o quanto nosso amor é incondicional.

2009 será um ano muito difícil, mas como sempre em nossa história, daremos a volta por cima e saíremos vencedores, com o orgulho de ser cruzmaltino ainda mais forte dentro do coração!
.
Muito se falou sobre o jovem que tentou se jogar da marquise da Colina. Nando é companheiro da 8ª família da Força Jovem e um bom garoto. Graças à Deus foi só um susto e ele já está melhor, para alegria de todos que o conhecem.

Sobre o jogo e toda a trilogia do descendo, falarei ainda esta semana.
.
Sds vascaínas a todos!

3 comentários:

Ricardo Oliveira disse...

Diego, parabéns.

Pela primeira vez li uma postagem deste blog completamente arrepiado.

Como sabe, sou botafoguense, mas 90% da minha família é de vascaínos e torci feito um louco pela salvação do vascão, infelizmente não deu

Eu já vi meu time cair e sei exatamente o que está sentindo agora, novamente volta a minha cabeça toda a tragetória até a queda do Botafogo e os momentos de tristeza que vivi.

Mas tenha certeza, 2009 será o ano do Vasco e o cruzmaltino subirá para nunca mais cair.

Não tenha vergonha de dizer que é vascaíno, faça esse momento triste se tornar o mais feliz da história, embora seja difícil.

Pode ter certeza, em 2009 o Vascão vai estar comemorando a volta à primeira divisão e superará tudo e todos que o fizeram manchar um pedaço da história.

Luiza Brito disse...

Diego parabéns pelo seu lindo post,mostrou que é vascaíno de verdade,ama e honra a Cruz de Malta.
Assim como você,também estive na linda festa da torcida vascaína,não merecíamos isso.
A dor é irreparável, o sentimento é de luto mas o amor ao VASCO é maior,vamos superar tudo isso e ano que vem estaremos de volta e de cabeça erguida.
Parabéns mais uma vez pela demonstração de amor e nunca tenha vergonha de ser VASCAÍNO,pois essa fase logo vai passar e nosso VASCÃO voltará mais forte e mais amado do que nunca por nós vascaínos.
"EU LEVO A CRUZ DE MALTA NO MEU PEITO DESDE QUE EU NASCI..."
Vamos virar esse jogo começando pelo estadual,nós torcedores temos que lotar todos os jogos e incentivar cada vez mais nosso time.
Não vamos nos importar com as gozações,piadinhas,somos superiores a tudo isso.
Estamos juntos na luta DIEGO a FJV é a Família mais linda desse país.

João Carlos disse...

Lindo post!!VASCAÍNO NAS VITÓRIAS E TAMBÉM INFELIZMENTE NAS DERROTAS!!E Ricardo Oliveira eu por ser vascaino,fico feliz pelo seu comentário e com ctz o VASCO vai se reerguer!!!!!VASCÃO ATÉ MORRER E CRUZ DE MALTA NO MEU PEITO DESDE Q EU NASCI!!