A EQUIPE DO FC08 DESEJA A TODOS...
UM PRÓSPERO ANO NOVO!!

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

JOGOS DAS ESTRELAS!

ZICO DÁ SHOW NO JOGO DAS ESTRELAS NO MARACANÃ
Momentos antes da entrada dos craques
Foto: André Queiroz




O Jogo das Estrelas, organizado pelo maior ídolo do Flamengo, Zico, além de dar alegria aos torcedores que prestigiaram o espetáculo, contribuiu para ajudar as vítimas das enchentes em Santa Catarina com a renda sendo revertida a eles.

Nas arquibancadas, homenagens a Celso Garcia, o descobridor do Galinho de Quintino e protestos contra Ronaldo, que trocou a Gávea pelo dinheiro do Corinthians. Em campo, um seleto grupo de ídolos do presente e do passado: Júnior, Djalminha, Athirson, Ibson, Edmundo, Roberto Dinamite, Leandro, Carlos Germano, Carlos Alberto e é claro, Zico.

O público ficou muito aquém da última edição que chegou a casa de 42 mil pessoas. Esse ano, apenas 15 mil pessoas estiveram presentes. A proximidade do Natal talvez tenha atrapalhado a quantidade de espectadores no Maracanã. Entretanto, o jogo pecou apenas no início. A equipe do FC08 chegou às 16h30min, mas os portões que deveriam ser abertos às 15h30min ainda estavam fechados, causando revolta dos torcedores que demonstravam impaciência. Apenas às 17h20min, com o jogo dos artistas rolando, os portões foram abertos após a chegada da policia militar.

A torcida rubro-negra que compareceu ao Maraca encheu os pulmões e em alto e bom som gritava que o “Zico era o nosso rei!”. Com a humildade de um grande craque, Zico jogou com a camisa 8. Rivelino, ídolo do Fluminense teve a honra de jogar com a 10.

O jogo começou movimentado. O time das estrelas composto em sua maioria com jogadores na ativa começou com tudo. Aos nove minutos, Carlos Alberto abriu o placar. O empate não demorou. Aos 14, Zico, após passe de Leandro, ajeitou com carinho e arrematou no canto esquerdo do goleiro Milagres. 1 a 1.

Aos 16, Ibson marcou o segundo com categoria após passe do veterano Zinho. Logo depois, Bebeto cabeceou cruzamento de Renato Gaúcho e marcou o terceiro.
Renato Gaúcho que foi muito sacaneado pela torcida do Flamengo que não perdoou a queda do Vasco para a Segunda Divisão, estava inspirado nos cruzamentos e deixou Carlos Alberto livre para estufar as redes. 4 a 1.

Aos 27, Leonardo diminuiu o vexame. Após passe de Zico, o lateral deixou Mauro Galvão a ver navios e balançou o barbante. 4 a 2. Aos 37, Bebeto marcou mais um. Nos acréscimos, Djalminha marcou mais um para o time de Zico após a bola carimbar a trave e bater nas costas do goleiro Milagres.

Na volta do intervalo, alguns amigos de Zico foram substituídos e o jogo começou a mudar seu panorama. Aos sete, Zico driblou Vampeta e marcou o terceiro gol de seu time. 4 a 3. Aos 20, o Galinho com um toque sensacional deixou Amoroso na boa para empatar.
Felipe Massa que acabara de entrar parece ter se inspirado no Mestre Zico e foi como um garçom para Edmundo marcar aos 23 minutos. Aos 29, Zico, com uma pintura marcou mais um.

Felipe Adão, filho de Cláudio Adão que jogou a preliminar, descontou. Aos 35, Rubens Júnior cometeu pênalti e aos pedidos da torcida Felipe Massa foi cobrar. O piloto de F1 não titubeou e deixou o seu nome no espetáculo.

Dois minutos depois, Felipe Massa escorou cruzamento de Edmundo marcou o segundo dele na partida. 9 a 6. Luizinho ainda diminuiu aos 47, mas não teve jeito. O time de Zico saiu vitorioso para a alegria do Mengão.


3 comentários:

Sobre o Futebol Carioca disse...

eu desejo pra você um FELIZ NATAL!

Saulo disse...

FELIZ NATAL PARA TODOS!

SAULOBOTAFOGO.BLOGSPOT.COM

Vinícius Barros disse...

Caramba, 15 mil torcedores??? Incrível!